Samsung, Huawei e Apple dominam o 3º trimestre de 2018 - Counterpoint

Rui Bacelar
Counterpoint Xiaomi Android smartphones Samsung Galaxy S9 Android Oreo
A tecnológica sul-coreana mantém-se na liderança. ©Reuters

A agência de análise de mercado, a Counterpoint Research, partilha agora o seu mais recente relatório alusivo ao 3º trimestre de 2018. Por conseguinte podemos agora ver o desempenho de fabricantes como a Xiaomi, Apple, Huawei bem como a Samsung.

Em primeiro lugar, os dados da Counterpoint juntam-se aos dados previamente divulgados pela agência IDC que já cobrimos em ocasião anterior. Nesse sentido, podemos finalmente ter uma compreensão mais abrangente do verdadeiro pulsar deste mercado de dispositivos móveis.

Vê ainda: Xiaomi Redmi Note 6 Pro esgotou em apenas alguns minutos!

Em segundo lugar a Counterpoint fornece-nos não só os números e volume de vendas das principais fabricantes. Isto é, temos também a informação organizada em gráficos ilustrativos que facilitam a compreensão e transmissão dos seus dados.

Trata-se sobretudo de uma poderosa ferramenta que nos permite aferir o desempenho de marcas como a Samsung, Huawei, Apple, bem como outras. Em terceiro lugar cumpre salientar que os dados se referem apenas ao terceiro trimestre de 2018.

Samsung, Huawei e Apple - Top 3 no 3º trimestre de 2018

Isto é, ao volume de vendas registado entre os meses de julho de 2018 até ao final de setembro de 2018. Por conseguinte, vemos que a Samsung se mantém na liderança com uma quota de mercado de 19%. Em segundo lugar temos a chinesa Huawei com um total de 14% de quota de mercado. Em terceiro lugar temos a norte-americana Apple com 12% de quota de mercado. Já em quarto lugar temos a Xiaomi empatada com a OPPO, duas promissoras fabricantes chinesas. Veja-se o seguinte gráfico:

Samsung Huawei Apple Counterpoint Xiaomi
Podemos aqui apurar o desempenho das principais fabricantes segundo os dados da Counterpoint

Em quinto lugar temos outra fabricante chinesa, a Vivo. Esta, segundo os dados da Counterpoint ficou um ponto percentual abaixo da Xiaomi e OPPO, portanto com 8% de quota de mercado.

Xiaomi empata com a OPPO em 4º lugar segundo a Counterpoint

Cumpre ainda realçar a performance da HMD Global - a nova casa da Nokia. Empresa que cresceu 73% no volume de vendas face ao período homólogo de 2017, mostrando assim um vigor redobrado neste mercado volátil. Todavia, o seu volume de vendas não foi propriamente significativo perante os números da Samsung, Apple, Huawei ou Xiaomi.

Counterpoint aponta uma quebra de 5% no volume de vendas global

Já numa outra ótica importa frisar a tendência de queda ou melhor, uma verdadeira recessão neste mercado de dispositivos móveis. Algo que já noticiamos anteriormente e que volta a ser confirmado, desta vez com os dados da Counterpoint.

Em suma, no 3º trimestre de 2018 o mercado caiu 5% face ao período homólogo (3º trimestre) de 2017. No total, segundo os dados da Counterpoint, venderam-se 380 milhões de unidades - dispositivos móveis como smartphones e tablets.

Samsung Huawei Apple Counterpoint 2 Xiaomi
O desempenho das marcas no mercado asiático e no mercado norte-americano ©Counterpoint

Olhando para a divisão por principais mercados mundiais podemos ver que na Ásia dominou a OPPO com 16% de quota de mercado. Em segundo lugar temos a Huawei com 15%, aqui empatada com a Vivo.

Apple domina a América do Norte, Samsung domina a Europa

Em terceiro lugar temos a Xiaomi com 14% de quota de mercado. Já em quarto lugar temos a sul-coreana Samsung com um total de 10%. Em suma, este é sem dúvida o seu pior bastião sobretudo devido aos avanços das fabricantes chinesas.

Já por sua vez a Apple domina completamente o mercado norte-americano. Com um total de 39% de quota de mercado possui uma larga vantagem sobre a Samsung - em 2º lugar com um total de 26%.

Podemos ainda destacar a LG, Lenovo e Alcatel como fabricantes com representação expressiva nestes pontos do globo. Já em seguida podemos ver o gráfico da Counterpoint alusivo à Europa, América Latina e Médio Oriente / África.

Samsung Huawei Apple Counterpoint 1 Xiaomi
Podemos aqui apurar em que mercados cada uma destas fabricantes se saiu melhor ou pior.

Em primeiro lugar, na Europa domina a Samsung com 31%. Em segundo lugar temos a Huawei com 22%. Já em terceiro lugar temos a Apple com 19%. Seguindo-se a Xiaomi em quarto lugar com 4% bem como a Alcatel com 2% de quota de mercado.

Samsung domina a América Latina com a Apple pouco expressiva

Já na América Latina a Samsung volta a dominar com uns magnânimos 37%. Todavia, em segundo lugar temos a Lenovo com 15%, a casa mãe da Motorola que encontra aí o seu principal mercado.

Em terceiro lugar na América Latina temos já a Huawei com 13% e a LG em quarto lugar com 6%. Aí, a Apple fica em 5º lugar, fechando assim o Top 5 com um total de 4% de quota de mercado.

Temos ainda o Médio Oriente e África, mais um mercado dominado pela Samsung e com a Huawei já no seu encalço. Vemos ainda que a Apple não encontrou aí muita recepção, tendo apenas 5% de quota de mercado.

Editores 4gnews recomendam:

3 Gadgets para Android que te vão tornar no Rei do Fortnite

BlackFriday: Os gadgets Xiaomi mais procurados que não podes perder!

Google Chromecast e mais 4 gadgets abaixo de 25€ que valem a pena

Fonte | via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).