Samsung apostará em smartphones dobráveis mais finos e leves

Rui Bacelar
Comentar

A Samsung é a fabricante líder de mercado, responsável pelos smartphones Android mais utilizados no mundo. No entanto, perante um "mercado saturado", a pioneira dos dispositivos dobráveis apostará cada vez mais neste formato para continuar a crescer.

Foi pela mão da Samsung, e em seguida pela Huawei, que ficamos a conhecer os primeiros smartphones dobráveis, um nicho ainda a dar os seus primeiros passos. Ainda assim, será neste campo completamente novo que a fabricante sul-coreana mais apostará.

Os smartphones dobráveis são o futuro da Samsung

O segmento de mercado que a Samsung ajudou a criar, carece ainda de muito trabalho, mas será um dos principais vetores de aposta. Com novos equipamentos já delineados, a prioridade será dar resposta às exigências dos consumidores.

Este é o corolário da Samsung Eletronics 2020 Investor Forum, uma conferência virtual que reuniu vários dos mais importantes acionistas e dirigentes da empresa, além de Lee Jong-Min, o atual diretor-executivo da empresa sul-coreana.

Outra das temáticas vernaculares prendeu-se com o futuro da empresa, a sua posição no mercado mobile e o futuro deste. Face ao atual estado de saturação, com ténues sinais de recuperação, a Samsung colocará mais smartphones dobráveis nas lojas.

Face a um mercado saturado, a aposta será nos smartphones dobráveis

Objetivos traçados pela Samsung no Electronics’ 2020 Investors Forum

Tomando a palavra, Lee Jong-Min afirmou que os smartphones dobráveis permitirão à Samsung continuar a crescer, mesmo com o "mercado saturado dos smartphones". O responsável pela fabricante foi claro, o futuro passará por este novo formato.

"Os smartphones dobráveis não são meramente uma expansão dos telefones atuais, mas sim um setor inteiramente distinto", afirmou Jong-Min durante a conferência com investidores e acionistas.

Os esforços da marca passarão assim pela solidificação da gama Z como um dos produtos mais populares, enraizando esta gama na mente dos consumidores. Algo que conseguirão ao sustentar-se também nos avanços em outras áreas e gamas de produtos.

Ir ao encontro dos consumidores

Dados revelados pela Samsung no Electronics’ 2020 Investors Forum

Ainda que possa parecer óbvio, os próximos smartphones dobráveis deverão ser mais finos e mais leves. Este ponto foi bastante enfatizado, mesmo que a mais recente iteração do Galaxy Fold, seja mais pesado e grosso que o primeiro dessa gama.

Revelando também vários dos desejos dos consumidores, a Samsung quer assim dar resposta a estas necessidades. Focando-se na produtividade com os Fold, o tamanho de ecrã continuará a ser a principal mais-valia, aliada ao formato dobrável.

A isto junta-se a portabilidade e comodidade de ter um grande ecrã, num formato futuramente mais compacto. Por outras palavras, os Fold darão ao consumidor a área grande de ecrã que carateriza e valoriza os tablets, mas num produto fácil de transportar.

Entretanto, a Samsung está a ultimar a linha Galaxy S21, com apresentação provável em fevereiro de 2021. Aí poderemos também ficar a conhecer um novo dispositivo dobrável, refletindo já esta nova direção e esforços coordenados da empresa.

Editores 4gnews recomendam:

  • Amazfit Pop Pro é oficial: smartwatch de baixo custo com GPS
  • OnePlus Buds estão a frustrar utilizadores. Só um deles parece funcionar!
  • Apple enfrenta multa milionária devido à resistência à água dos iPhone
Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.