Samsung poderá falhar os 350 milhões de smartphones vendidos em 2018

Carlos Oliveira
Samsung smartphones
Samsung poderá vender menos que o esperado em 2018

A Samsung é atualmente a tecnológica que mais smartphones vende em todo o mundo. Esta estatuto deve-se à grande panóplia de equipamentos que a empresa tem à venda em todo o mundo. Sim, porque em certos mercados os gama média ultrapassam, e muito, as vendas dos topos de gama.

Contudo, como qualquer empresa, o objetivo primordial é aumentar os lucros todos os anos. Qualquer empresa que se preze quer sempre vender mais do que o que conseguiu no ano transato.

Vê ainda: Apple iPhone X – Modelo de 6,1 polegadas foi revelado em imagem

Vamos olhar um pouco para os números da empresa sul-coreana nos anos passados. Em 2015, a gigante Samsung vendeu um total de 319.7 milhões de smartphones em todo o mundo.

Um ano depois, esta cifra desceu para os 309.4 milhões. Já em 2017 a empresa reportou números bem mais animadores, com um total de 319.8 milhões de exemplares vendidos ao redor do globo.

Samsung poderá falhar o obetivo de vendas de smartphones para 2018

Com o iniciar de um novo ano, a empresa terá definido internamente um objetivo de 320 milhões em vendas. Mas como sucesso inicial dos Galaxy S9 e Galaxy S9+, esse número terá subido para os 350 milhões.

Importa notar que apesar das poucas diferenças os novos topos de gama da Samsung terão registado um período de pré-venda em linha com os seus antecessores. Um bom presságio para a empresa e que valeu uma reavaliação de objetivos.

Todavia, a performance dos seus novos topos de gama terá perdido folgo com o passar dos meses. O entusiasmo inicial perdeu-se no seio dos consumidores, com estes a não verem razões para mudar novamente de smartphone.

Esta poderá ser uma das razões que levará a Samsung a falhar o seu objetivo de vendas para 2018. Quem o avança hoje é a publicação sul-coreana The Investor.

Samsung Galaxy Note 9 McAfee Samsung Galaxy S9 Galaxy S8
Marketing será o segredo para o sucesso dos próximos topos de gama da marca.

Aliás, a mesma fonte estima um total de apenas 30 milhões de Galaxy S9 vendidos em todo o ano de 2018. Número que, a confirmar-se, será o mais baixo para a linha Galaxy S desde 2012.

Outras das razões para este falhanço tem que ver com o desempenho das empresas chinesas. Marcas como a Huawei, Xiaomi, Oppo ou Vivo têm ganho cada vez mais adeptos. Principalmente no seu mercado caseiro.

Reflexo disso mesmo foi uma queda de 19 pontos percentuais nos últimos cinco anos relativamente à quota de mercado da Samsung na China. Neste momento, a sul-coreana tem uma representação abaixo dos 1% no maior mercado tecnológico do mundo.

No entanto, importa frisar que isto são expectativas e que as mesmas podem vir a revelar-se furadas com o decorrer do ano. Temos ainda o grande lançamento do Samsung Galaxy Note 9 que pode, eventualmente, dar uma lufada de ar fresco às vendas da empresa.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Qualcomm Snapdragon 855 deverá ser produzido pela TSMC em 7nm

Sony Xperia XZ3 trará Android P e chegará meses depois do Xperia XZ2

Google Play Store: Faz download da nova versão da aplicação (10.6.08)

Fonte | Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.