Revolut revela onde os portugueses gastaram mais dinheiro em 2020

Bruno Coelho
Comentar

O Revolut, e serviços semelhantes, são cada vez mais relevantes para os utilizadores portugueses. A fintech britânica já conta com mais de 500 mil clientes no nosso país, de um bolo de 13 milhões a nível global.

Compras em sites portugueses pelo Revolut triplicaram. Mas sites internacionais têm maior peso

A fintech analisou os gastos dos portugueses desde março até dezembro de 2020. A verdade é que as compras em sites nacionais triplicaram durante este período, mas são as compras em páginas internacionais que ainda têm mais peso.

Um grande momento para compras é o último trimestre do ano. Aí temos não só as compras de Natal, mas também momentos de habituais descontos como a Black Friday ou a Cyber Monday.

Amazon, AliExpress e Zara entre os preferidos dos portugueses

Durante este período, revela o Revolut, lojas como a Amazon, AliExpress, Zara, Apple e eBay foram as preferidas dos portugueses. O que acaba por revelar que produtos tecnológicos e roupa estejam entre as maiores compras.

Este foi também um ano de poupança para os utilizadores da Revolut. Sem anunciar valores, a fintech afirma que os utilizadores tinham mais do dobro do valor nos cofres no final do ano do que tinham em março.

Os dados partilhados pelo Dinheiro Vivo da Revolut revelam que a pandemia também levou os portugueses a usarem mais os pagamentos por contactless. Se em março apenas 53% o faziam, no final do ano esses números saltaram para os 77%.

Como seria de esperar, durante este período, os gastos em viagens caíram a pique. Ao que é revelado, face a 2019, menos 58% dos utilizadores viajaram este ano.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.