htc-logo-600x399
Apenas alguns dias atrás, informamos sobre rumores de algumas especificações do HTC One M9, na qual este teria um ecrã 5.5 QHD,  processador Snapdragon 805 e uma camera traseira de 16MP com estabilização óptica de imagem, que também incluía 3GB de RAM e bateria de 3500 mAh.

Hoje, o upleaks sucessor do extinto evleaks, relata que a HTC não vai usar mais os nomes de código “M” e o próximo topo de gama é agora conhecido temporariamente por Hima. Descreve também um conjunto de especificações deste futuro smartphone da marca de Taiwan e sucessor do HTC One (M8).

O modelo topo de gama para 2015 será apresentado no MWC de Barcelona em Março, e disponibilizado no mercado nesse mesmo mês, assim como outros dispositivos da linha Desire:

   

https://twitter.com/upleaks/status/540406273275985921

Este vazamento de especificações do Hima, informa-nos que terá um processador Qualcomm Snapdragon 810 Octa-core, provavelmente um dos primeiros dispositivos com este chipset do próximo ano.

Este processador de 64 bits aonde os 8 núcleos são formados por quatro núcleos Cortex A57 de alta performance e quatro núcleos Cortex A53 de baixo consumo de energia. Os Cortex A57 terão a frequência de 1958 MHz, ou seja, 1.96 GHz. Já os chips Cortex A53 trabalharão a 1555 MHz, que equivale a 1.56 GHz.

A memória também deve ser bem proporcionada 3 GB de RAM. O ecrã é  de “apenas” 5 polegadas na resolução Full HD, ou seja, 1920 x 1080 pixeis.

https://twitter.com/upleaks/status/540405152767700992

Além disso, este processador oferece conectividade VoLTE e LTE com categoria Cat.6. Quanto às cameras fotográficas a HTC disponibilizará 20,7 MP  na camera principal e 13 MP na camera frontal, embora este último, de acordo com upleaks, poderá ser substituído por um sensor de 4 Ultra Pixel.

A potencia da bateria poderá para muitos, ser estranhamente reduzida, 2.840 mAh,  mas se formos ter em conta a resolução de ecrã, o novo processador que promete reduzir o consumo e o eficiente software que a HTC mostrou no actual One (M8), portanto não deverá ser assim de tão reduzida potencia . Quando ao OS é obviamente o Android 5.0 Lollipop guarnecido pela interface Sense 7.0.

Apesar do historial de vazamentos acertadas por parte de upleaks, é bom lembrar que até a apresentação do dispositivo nada está confirmado. E sinceramente estas especificações parecem-me sabiamente equilibradas, especialmente pensadas no desempenho e consumo de energia, no entanto gostaríamos de saber o que acha de este HTC?

Talvez queiras ver: