Redmi 10: smartphone barato da Xiaomi está a caminho

Bruno Coelho
Comentar

Passada a metade do ano, a Xiaomi ainda não renovou a sua gama baixa de smartphones em 2021. Mas segundo as últimas certificações, isso deve acontecer muito em breve com o Redmi 10.

Segundo o site MySmartPrice, os novos smartphones de gama-baixa da submarca da Xiaomi serão lançados entre setembro e outubro. E o alegado Redmi 10 já terá passado pelos sites da FCC e IMEI, onde foi certificado.

Redmi 10 vai chegar com a MIUI 12.5 de fábrica

O equipamento apareceu nas listagens com o número de modelo “21061119AG”, indicando o “G” que se trata de versão global. E como não podia deixar de ser, este vai chegar com a MIUI 12.5 de fábrica.

Para os interessados, este vai chegar em três configurações. Os utilizadores poderão escolher entre 4 GB de RAM combinados com 64 GB de armazenamento, ou 4 GB com 128 GB e 6 GB com 128 GB.

Certificação do Redmi 10 na FCC. Crédito: My Smart Price

Como pode ser visto no documento acima, partilhado pela fonte, temos também acesso às bandas de LTE e ao Wi-Fi que este suporta. Por enquanto, esta é a informação conhecida e já revelada.

Ao que tudo indica, a data de lançamento destes Redmi 10 deve assim ser anunciada pela Xiaomi nos próximos dias. Após estas certificações, devemos também conhecer começar a ver imagens dos equipamentos muito em breve.

Recorde-se que o Redmi 9 foi lançado em junho de 2020. Passou assim mais de um ano desde a apresentação do último gama-baixa da Redmi, que chegou ao mercado com o processador MediaTek Helio G80. Mais de um ano depois, estamos curiosos para ver o que a Redmi tem na manga para esta gama de smartphones a custar em torno dos 100 €.

Editores 4gnews recomendam:

  • Amazfit PowerBuds Pro oficiais: auriculares Bluetooth que te vão tratar da saúde
  • Samsung Galaxy Z Fold 3 e Galaxy Watch 4 Classic mostrados em vídeo oficial
  • Huawei P50 está finalmente prestes a chegar ao mercado
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.