Realme Watch S Pro: o smartwatch que deves andar atento

Filipe Alves
Comentar

A Realme já nos deu um smartwatch, porém, o pequeno modelo chamado "Realme Watch" está longe de ser algo idêntico a este Realme Watch S Pro.

O primeiro smartwatch da Realme é barato, porém, não é nada de mais. Muito pelo contrário. O design faz-nos lembrar os relógios inteligentes de há 3 ou 4 anos.

O que esperar do Realme Watch S Pro

Realme Watch S Pro

Os rumores deste Realme Watch S Pro são bem melhores. Ainda que não pareça ter uma correia elegante (dá impressão ser de borracha), o novo smartwatch terá características Pro.

Segundo as informações passadas, este novo smartwatch trará um ecrã AMOLED com 1.39" polegadas com resolução 454 x 454 pixels. Teremos ainda uma bateria de 420mAh. Algo consideravelmente grande para um relógio.

Os rumores apontam ainda sensor de batimentos cardíacos, oxímetro e ainda sensores de monitorização de sono. Ou seja, este pequeno Realme Watch S Pro oferecerá funcionalidades bem cativantes.

Algo que ainda não sabemos é o seu preço e data de lançamento. No que toca ao preço continuamos às escuras, porém, sabemos que a Realme sempre se pauta por nos dar uma boa relação qualidade/preço.

No toque toca à data de lançamento, deveremos estar prestes a ver a apresentação oficial. O relógio passou pela certificação da FCC no início do mês de setembro e agora é a vez de passar na certificação na Singapura. Ou seja, deveremos estar mesmo perto da sua revelação oficial.

Em síntese, espera que este smartwatch não convença pela beleza, porém, espera que te traga grandes funcionalidades por um preço aceitável. Lembro que a Realme faz parte do grupo BBK Eletronics (dona da OPPO, OnePlus e Vivo) e a OPPO é uma das marcas que já tem alguma experiência neste segmento wearable com produtos de qualidade.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.