Home Android

Realme U1 é (quase) tudo o que desejava ver na Xiaomi e Honor

Realme U1 Xiaomi Honor
O novo Realme U1 poderia vir a ameaçar a Honor e Xiaomi na Europa

Assim como havia sido prometido no início do mês pela fabricante, o Realme U1 foi hoje apresentado oficialmente. Esta é a mais recente fabricante a entrar no competitivo mercado dos smartphones, e até agora tem lançado surpresa atrás de surpresa. Esta poderá vir a ser uma verdadeira dor de cabeça para a Xiaomi e Honor.

Embora se tenha limitado apenas ao mercado indiano nesta fase inicial. O seu sucesso é inegável, e muitos utilizadores sonham já com a sua chegada aos vários mercados europeus.

Vê ainda: Huawei Honor 8X vai em breve receber a versão beta do Android Pie

O Realme U1 apresenta-se como um smartphone gama-média de fazer inveja a muitas fabricantes, não só pelo seu design moderno e bastante apelativo, mas também pela excelente relação entre especificações e preço.

O Realme U1 poderia ser uma verdadeira ameaça à Xiaomi e Honor na Europa

No que respeita a este smartphone, julgo ser importante começar por referir o seu preço. Vai chegar à Amazon India com um preço a rondar os 150 euros para o seu modelo base. Este é um preço impossível de bater, especialmente quando começares a ver os detalhes deste smartphone.

O Realme U1 chega com um ecrã Full HD+ de 6,3″ polegadas com uma pequenina notch em forma de gota. A controlar o centro das operações está o detalhe mais ‘polémico’ deste smartphone, chegando equipado com o processador MediaTek Helio P70. No entanto, ao considerar o seu preço, estaria disposto a dar uma chance à MediaTek.

Realme U1 Xiaomi Honor

Quanto às suas memórias, os utilizadores poderão escolher entre duas variantes. O modelo base chega com 3GB de memória RAM e 32GB de memória interna. Enquanto a versão mais capaz, apresenta 4GB de RAM e 64GB de memória interna.

No segmento fotográfico é onde se encontra o seu ponto de venda principal, a câmara frontal. O Realme U1 foi apresentado como sendo um verdadeiro ‘profissional das selfies“, chegando com uma câmara de 25 megapixels com abertura focal f/2.0 e sensor Sony IMX576. Para além disso, a fabricante afirma que chega com um Modo Beleza automático que é capaz de reconhecer até 296 pontos únicos. Desta forma, irá conseguir realizar mais de 8 milhões de combinações personalizadas.

Mesmo com processador MediaTek, o Realme U1 parece destinado ao sucesso

Do outro lado, temos uma dupla câmara traseira mais modesta. Composta por um sensor principal de 13 megapixels e um secundário de 2 megapixels. Ainda que não seja tão impressionante como a sua câmara selfie, apresenta-se dentro dos padrões apresentados pelos gama-média este ano.

Alimentado por uma bateria de 3500 mAh, o Realme U1 chega com um leitor de impressão digital no painel traseiro e suporte para reconhecimento facial. Para além disso, corre de fábrica a ColorOS 5.2 que tem como base o Android Oreo.

Realme U1 Xiaomi Honor

Atualmente, a Xiaomi e Honor são provavelmente as duas fabricantes chinesas que oferecem opções mais aliciantes neste segmento. Os seus smartphones conseguem sempre apresentar uma excelente relação preço/qualidade. No entanto, pelo que já vimos da Realme, poderia sem dúvida ser uma verdadeira ameaça a estas duas gigantes.

Editores 4gnews recomendam:

Android. Huawei Honor 10 Lite é oficial e os preços surpreendem!

Xiaomi Mi A2 Lite começa a receber a desejada atualização

Huawei Honor View 20: Imagens revelam o ecrã do smartphone

Fonte | Via

Nascido em Sintra e a viver em Londres, amante do mundo Android desde o velhinho Galaxy S1 e apaixonado por tudo o que tecnologia envolve. No tempo livre o mais importante é sem dúvida família, música, natureza e... Xbox!