Realme: estes resultados provam o sucesso no mercado de smartphones em 2021

Rui Bacelar
Comentar

A Realme, sub-marca da OPPO com relativa independência operacional, deu a conhecer a sua nova gama de smartphones Android mais avançados até ao momento, a série Realme GT2. Em simultâneo, partilhou também as principais métricas alusivas ao ano de 2021 e respetivo desempenho de vendas no mercado mobile.

Assim, ficamos a saber que as vendas de smartphones Realme excederam os 60 milhões de unidades durante o último ano. Ademais, a fabricante chinesa entrou já no Top 5 de maiores fabricantes em 21 mercados espalhados pelo globo. É um testemunho do seu sucesso até ao momento e incentivo para se continuar a desafiar em 2022.

As métricas de 2021 foram reveladas por Xu Qi, VP da Realme

Realme
Infográfico com algumas das principais métricas da Realme alcançadas em 2021.

Assim sendo, de acordo com os dados oficiais as vendas globais da Realme ultrapassaram os 60 milhões de unidades em 2021. Ao mesmo tempo, a fabricante chinesa conseguiu figurar no Top 5 de 21 países, incluindo um 6.º lugar no mercado global.

Estas métricas representaram um crescimento anual de 50% para a jovem empresa fundada em 2018. Um ímpeto, forte, que a tecnológica quer manter ao longo de 2022, apontando já para os 90 milhões de unidades vendidas até ao final deste ano.

De igual modo, a Realme afirmou ser a empresa de smartphones Android com 5G a crescer mais significativamente no mercado. Isto é, a empresa que mais democratizou e popularizou o acesso aos smartphones com suporte para a quinta geração de redes móveis.

A fabricantes que mais rapidamente colocou mais de 100 milhões de smartphones nas mãos dos consumidores

A recap of all the feats we achieved in 2021, which made us the Most Trusted Smartphone Brand! This was possible because we keep it 'real' and always #DareToLeap. Here's to 3 years of #realme!🎊 pic.twitter.com/Q1ulzD6uL4

— realme (@realmeIndia) 4 de janeiro de 2022

A fabricante deu também a conhecer algumas das suas prioridades para o novo ano. Como seria de esperar, a China continuará a ser um dos mercados mais importantes para a tecnológica, com a Europa a ser igualmente importante para esta marca.

Tendo registado assim um crescimento anual de três dígitos na Europa, a Realme manterá a sua aposta no Velho Continente. Aqui, veio ocupar rapidamente parte da quota de mercado que pertencia à Huawei e manterá este curso de ação.

Por outro lado, a empresa expressou também a sua atenção a setores como a Pesquisa & Desenvolvimento de novas tecnologias. É neste setor que a Realme pretende investir mais em 2022, afirmando que vai investir até 70% do seu orçamento de R&D em tecnologias de ponta.

Entre as prioridades da Realme no R&D está o software, bem como novas soluções de hardware, além de melhorar a experiência de utilização dos seus equipamentos.

Por fim, a Realme promete manter-se atenta às principais novidades e tendências do setor mobile ao longo deste novo ano de 2022.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.