Realme está mais ambiciosa que nunca e quer atacar as maiores fabricantes!

Vitor Urbano
Comentar

Apesar de ser uma das mais recentes fabricantes de smartphones, a Realme continua a dar que falar neste mercado extremamente competitivo, conseguindo não só conquistar uma respeitável quota de mercado, mas também expandir-se internacionalmente. Em apenas dois anos, conseguiram já ganhar grande popularidade na China, Índia e também nos vários mercados europeus.

Agora, o seu CEO partilhou através da sua conta na rede social chinesa Weibo alguns dos principais objetivos da marca para 2021. Sem qualquer receio, Sky Li diz que apesar dos objetivos de apostar nos vários segmentos AIOT, a Realme pretende conseguir vender mais de 100,000 smartphones no próximo ano.

Realme smartphones

Este é sem dúvida um objetivo extremamente ambicioso, especialmente considerando o pouco tempo de existência da marca. No entanto, considerando que no seu primeiro ano conseguiram vender mais de 25 milhões e este ano esperam conseguir ultrapassar largamente esse número, existe uma luz ao fundo do túnel. Especialmente com o sucesso que estão a ter na Europa, é certamente uma possibilidade.

Realme poderá colocar-se entre as maiores fabricantes do mundo já em 2021

Especialmente com os tempos difíceis que todos os mercados estão a atravessar este ano com a pandemia da COVID-19, é difícil prever quais os números de vendas anuais em 2020. Mais ainda, é ainda mais complicado estimar como é que os mercados irão reagir em 2021, quando se espera uma progressivo regresso à normalidade.

Considerando estes fatores pouco comuns, caso a Realme consiga alcançar este objetivo estabelecido pelo seu CEO em 2021, é possível que se consigam posicionar entre as 5 maiores fabricantes de smartphones do mundo. Para uma marca que completará apenas 3 anos em maio de 2021, este seria um feito nunca antes visto.

Expansão da Realme vai continuar a fazer crescer o seu nome, conquistando cada vez mais a confiança dos utilizadores, o que irá resultar num maior número de vendas. No entanto, a expansão da marca não irá apenas refletir-se no número de países onde está presente, mas também na consistência e variedade no portefólio de produtos.

Durante este ano, já vimos a marca apostar no lançamento de diversos gadgets, tal como a sua primeira smartband, smartwatch, Smart TVs e também earphones bluetooth.

Caso consigam manter uma consistência positiva no que respeita à qualidade dos seus produtos enquanto mantêm preços competitivos, é garantido que a Realme é mais uma das fabricantes que chegou para ficar.

Editores 4gnews recomendam:

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.