Realme 9 Pro+ promete qualidade fotográfica idêntica ao Google Pixel 6

Rui Bacelar
Comentar

O Realme 9 Pro + (Plus) será apresentado oficialmente a 16 de fevereiro pela sub marca da OPPO. Ao que tudo indica será um novo smartphone com caraterísticas de topo, mas preço competitivo e câmara fotográfica capaz de rivalizar com os Google Pixel 6.

A fabricante vai ao ponto de comparar o seu próximo smartphone topo de gama com os dispositivos Samsung Galaxy S21 Ultra, Xiaomi 12 e o supracitado Google Pixel 6. Para além disso, dá a conhecer o novo "Camera Lab" lançado pela casa mãe, OPPO.

A fotografia será um dos destaques do Realme 9 Pro+

O destaque vai para a câmara principal com sensor Sony IMX766 de 50 MP. Este é o mesmo componente presente no atual topo de gama Realme GT 2 Pro, agora mais otimizado e capaz de rivalizar com as câmaras dos smartphones mais caros no mercado.

Mais concretamente, a tecnológica usa exemplos captados pelas câmaras dos Google Pixel 6, Xiaomi 12, bem como do Samsung Galaxy S21 Ultra, alguns dos smartphones Android mais bem cotados no mercado. Os resultados pode ser observados em seguida.

O smartphone da Realme é apresentado a 16 de fevereiro

A fabricante chinesa aproveitou também para dar a conhecer a sua nova tecnologia apelidada de ProLight que atuará sobretudo durante a fotografia noturna. Mais concretamente, mostrará as suas capacidades quando a luz escasseia.

O objetivo da ProLight passa por torna possível captar melhores imagens com pouca luz, reduzindo o ruído digital sem abdicar dos detalhes nas imagens. Algo que até ao momento continua a ser um dos maiores problemas para qualquer máquina analógica ou digital.

Agora, com a sua nova tecnologia e as primeiras amostras publicadas, podemos estar perante um novo padrão de qualidade.

O smartphone tem vindo a ser gradualmente revelado em várias fugas de informação e publicações da própria fabricante. O seu design pode ser visto acima nas várias imagens de imprensa, com a apresentação oficial já marcada para dia 16 de fevereiro.

Contamos, por fim, com uma distribuição alargada para este smartphone pelo que também pode chegar à Europa. O seu preço, contudo, não é conhecido de momento, mas deverá mostrar-se competitivo neste início de 2022.

Editores 4gnews recomendam:

  • Apple: novo MacBook Pro trará novo processador, mas sem ProMotion
  • Xiaomi Redmi K50: preço descoberto antes da apresentação surpreende!
  • Google Duo: app de videochamadas quebra recorde na Play Store
Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com