Realme 8 Pro: o smartphone do momento mostra a sua "fibra" em teste de tortura

Rui Bacelar
Comentar

O Realme 8 Pro é o mais recente smartphone Android de baixo custo a chegar ao mercado com câmara de 108 MP de resolução, sendo este o maior ponto de venda. Mas, até que ponto é que o telefone Realme é durável e resiste aos rigores do quotidiano?

Essa é a premissa posta em causa pelo youtuber Zach Nelson, responsável pelo canal JerryRigEverything que submeteu agora o novo lançamento da fabricante chinesa à sua ronda de testes. Procedimento este também conhecido como teste de tortura.

O Realme 8 Pro é construído em plástico, mas será isso um problema?

Realme 8 Pro

O preço do Realme 8 Pro situa-se bem abaixo dos 300 euros. Aliás, já o encontramos na filial espanhola da Amazon por 279 € na configuração base (6 GB + 128 GB) em ambos os esquemas de cor. É um dispositivo novo e deveras promissor.

Sublinhamos que o novo smartphone Realme 8 Pro é integralmente construído em plástico - a estrutura e material da traseira. Há, no entanto, um painel de vidro a revestir o ecrã. A integridade estrutural afigura-se como a maior preocupação perante o plástico.

Em seguida podemos ver o smartphone a ser riscado, queimado no ecrã e torcido ao ponto de exaustão. Felizmente, apesar da sua estrutura e traseira em plástico, o telefone consegue resistir aos rigores impostos por Zach no decurso dos testes.

O novo smartphone com câmara de 108 MP sobrevive ao teste!

O habitual teste efetuado pelo youtuber consiste numa avaliação direta da dureza do ecrã e capacidade de resistir a riscos. Fá-lo com recurso a várias canetas ou ponteiras com diferentes graus de dureza na escala de Mohs com o intuito de ver "quando risca".

Segue-se o teste da chama no qual o ecrã é exposto a uma fonte de calor, uma chama viva até que os pixeis se desliguem. Em seguida é apurado o grau de dano sofrido pelo ecrã e se os pixeis voltam, ou não, a ser ativados.

É, no final, que temos o teste mais doloroso. A última ronda consiste no teste de torção / ductibilidade do smartphone em si. Aí o youtuber apura se, neste caso o Realme 8 Pro sobrevive a uma força aplicada em ambas as extremidades.

Sendo frequente vermos alguns telefones a estalar, estilhaçar, ou mesmo a quebrar a meio, é a fase mais dura dos testes. Podes saber mais sobre o telefone no artigo de apresentação, com todas as especificações e outras novidades do produto.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.