Filme "A Quiet Place" - Um medo chamado barulho

Rute Ferreira

Quiet Place FilmeÉ usual dizer-se que o fruto proibido é sempre o mais apetecido. E o espectador, ao ver o trailer do filme A Quiet Place (em português - Um Lugar Silencioso), ficará com a sensação que é quase impossível viver nos dias de hoje sem fazer barulho por mínimo que seja.

A curiosidade intensifica-se quando se apercebe que o argumento desta longa-metragem. Embora pouca realista, pode servir para presenciar uma reinvenção da vida, completamente diferente daquela que se conhece, onde se tem tudo à “mão de semear” e que, na maior parte das vezes, não se questiona, nem se põe em causa.

Vê ainda: Avengers: Infinity War. Houve uma piada que não fez parte do filme da Marvel

“Não se pode fazer barulho”, é então o mote dado, para assistir a A Quiet Place. Na realidade, na sua antestreia em Portugal, na passada segunda-feira dia 30 de Abril, o público acabou por entrar na sala de cinema envolvido num ambiente apreensivo.

Contudo, como é claro, respeitando o mote do filme, pelo havia um silêncio redobrado na sala, misturado com algum zelo pelo que iriam assistir.

A Quiet Place é um filme de Terror, mas diferente...

Quiet Place centra-se na família Lee, composta por cinco elementos. Estes, por sua vez, vêem-se sozinhos numa cidade deserta, abandonada e completamente destruída e, onde a ameaça permanente de uns monstros que não suportam ruídos podem matá-los em segundos.

Em A Quiet Place, o realizador John Krasinski não se foca na origem dos monstros ou no modo como vivem, mas sim, numa luta pela sobrevivência, onde há que resistir à luta desgastante e intensa pela vida.

É neste âmbito que o filme não caí num lugar-comum, fugindo aos dramas actuais da luta entre humanos e criaturas monstruosas, mas na capacidade que esta família vai conseguindo ter para ultrapassar as dificuldades inerentes ao silêncio.

Tudo isto, de uma forma ainda que dramática, mas bonita e envolvente, para que consigam manter um ambiente de afectos, sólido e resiliente.

Apesar de A Quiet Place ser um filme de Terror, não o é no seu sentido clássico, onde se assistem a momentos “Jump Scare”. No entanto, o espectador consegue sentir períodos de muita tensão, juntamente com a família Lee, e só por isso o filme já é ganhador.

Assuntos relevantes na 4gnews:

OnePlus 6 – Tudo o que já sabemos antes da apresentação no dia 16