Qualcomm estará a desenvolver tecnologia concorrente à GPU Turbo

Carlos Oliveira
Qualcomm GPU Turbo
Qualcomm prepara-se nova tecnologia para o mercado gaming

No mês passado a chinesa Huawei apresentou a sua mais recente tecnologia GPU Turbo. Esta visa aumentar a performance do equipamento sem sacrificar em demasia a sua autonomia. Uma tecnologia que poderá vir a ser replicada pela Qualcomm.

Numa altura em que o gaming assume uma maior importância no mercado mobile, é necessário acompanhar essa evolução. Não só apresentado novos equipamentos desenhados a pensar neste nicho, mas também adaptando tecnologias.

Vê ainda: Google tem a solução para o ‘phishing’ com este novo gadget

É precisamente isso que a tecnologia GPU Turbo da Huawei faz. A mesma melhora a eficiência do processamento gráfico em quase 60%, ao mesmo tempo que reduz em 30% o consumo de energia requerido ao smartphone.

Com isto a empresa compromete-se a oferecer aos seus utilizadores uma experiência visual mais agradável. Promete transições mais suaves e ainda maiores framerates. Melhorias que podem ser implementadas com uma simples atualização de software.

Qualcomm Adreno Turbo irá combater a tecnologia GPU Turbo da Huawei

Como o mercado tecnológico não para, não tardou até que outra empresa se decidisse a desenvolver tecnologia semelhante. Essa empresa foi a Qualcomm, com a sua nova tecnologia Adreno Turbo.

Esta possibilidade é levantada pela publicação MySmartPrice. Aí é referido que esta tecnologia será oficialmente apresentada ao mundo no próximo dia 2 de agosto.

Segundo a mesma fonte, o propósito da nova tecnologia Adreno Turbo é o mesmo da GPU Turbo da Huawei. Ou seja, melhorar o desempenho gráfico do smartphone, tendo em linha de conta a sua eficiência energética.

Snapdragon 710 Google Pixel Qualcomm Snapdragon 660 Xiaomi Mi 6X Nokia 7 Plus

Tal como a Huawei, também a tecnologia da Qualcomm deverá ser implementada de forma faseada no mercado. Só quando a mesma for devidamente oficializada é que saberemos quais os equipamentos e jogos compatíveis.

Provavelmente, os primeiros equipamentos a receber esta tecnologia serão modelos como o Razer Phone, ASUS ROG Phone ou o Xiaomi Black Shark. Mas por enquanto encontramo-nos puramente no campo da especulação, pelo que iremos aguardar pela apresentação desta tecnologia.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Sony Xperia XA3 poderá ser apresentado na IFA 2018

Samsung. Assim será o próximo smartwatch Galaxy Watch

Google – Android Oreo continua a crescer consolidando segunda posição

Fonte | Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.