Qualcomm Snapdragon 855 deverá ser produzido pela TSMC em 7nm

Carlos Oliveira
O próximo SoC topo de gama deverá voltar às mãos da empresa asiática

Ainda que nos encontremos a meados de 2018, as tecnológicas começam já a pensar em 2019. Para esse ano iremos ter um novo processador topo de gama da empresa norte-americana. Será o Qualcomm Snapdragon 855, ao que tudo indica produzido pela TSMC em 7nm.

Empresas como a Qualcomm têm de começar, desde já, a preparar o próximo ano. Embora só comecemos a ver os grandes topos de gama em fevereiro, antes há que produzir os processadores para os equipar.

Vê ainda: Android One: Porque é que a Samsung e Huawei não nos oferecem?

É de notar que o Qualcomm Snapdragon 845 foi apresentado em dezembro de 2017. O processador topo de gama para 2018 foi desvendado ao mundo antes de o seu ano transato terminar.

O mesmo deverá suceder com a próxima geração, protagonizada pelo Qualcomm Snapdragon 855. Será este o SoC que equipará smartphones como o Samsung Galaxy S10 em alguns mercados, o LG G8, OnePlus 7, Xiaomi Mi 9 e muitos outros.

Qualcomm Snapdragon 855 deverá voltar a ser fabricado pela TSMC em 7nm

Com efeito, a empresa norte-americana estará já a ultimar os detalhes para o desenvolvimento deste novo processador. Um SoC que, ao que tudo indica, será produzido pela Taiwanesa TSMC.

Esta não é a primeira vez que ouvimos falar que a Qualcomm voltará a socorrer-se da TSMC para a produção do seu próximo SoC topo de gama. Desta feita é a Digitimes quem nos dá a informação, pelo que devemos tê-la em consideração.

O motivo para a mudança de produtor está relacionada com a litografia de produção deste novo processador. Depois de dois anos presos à litografia de 10nm, 2019 deverá trazer finalmente um processador desenvolvido em 7nm.

Chegou todo um novo processador da nova linha SD700. Vamos conhecer as suas características.

Terá sido o processo de 7nm FinFET da TSMC o que mais agradou aos responsáveis da Qualcomm. É de notar que também a Samsung já tem tecnologia para a produção de processadores na litografia de 7nm.

Caso estas informações se venham a confirmar, temos um reatar de uma parceria de há já muitos anos. A Qualcomm recorreu à TSMC pela primeira vez em 2006, onde os processadores eram desenvolvidos em 65nm.

Para o lado da empresa asiática esta será mais uma grande parceira para o próximo ano. Para além da tradicional Apple, a TSMC terá já garantido contratos com a Huawei, Xiaomi, MediaTek, AMD ou mesmo a Nvidia.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Sony Xperia XZ3 trará Android P e chegará meses depois do Xperia XZ2

Google Chrome para Android dará para guardar conteúdo offline

Apple iPhone X – Modelo de 6,1 polegadas foi revelado em imagem

Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.