Qualcomm prepara nova geração de chipsets Snapdragon Wear

Rui Bacelar
Comentar

A crescente popularidade dos "vestíveis", termo com origem na palavra werables, nos quais incluímos os relógios inteligentes ou smartwatches, pulseiras de atividade física. Aqui bem como vários outros gadgets, leva a uma contínua procura por novos processadores específicos para este formato mais compacto e fácil de transportar, por exemplo, no nosso pulso.

A pensar nisso a fabricante norte-americana de processadores e chipsets para dispositivos móveis, a Qualcomm liderada pelo brasileiro Cristiano Amon, prepara já uma nova geração de SoC's para relógios. Mais concretamente, uma nova série de processadores Snapdragon Wear para os próximos relógios inteligentes, entre outros dispositivos.

Começa a contagem decrescente para os novos Snapdragon Wear da Qualcomm

The clock is ticking on something big. 👀⌚ pic.twitter.com/0bYaGf3SrF

— Snapdragon (@Snapdragon) 12 de julho de 2022

O teaser acima divulgado foi publicado pela própria Qualcomm através das suas redes sociais. Vemos, apenas, a promessa de uma nova geração para algo de grande, com o formato de um relógio a ser visível, para além da legenda que acompanha a publicação.

Ao que tudo indica a gigante norte-americana anunciará pelo menos um novo processador flagship para o formato wearable, ou seja, para renovar a sua gama Snapdragon Wear. De momento, contudo, as capacidades de tal chipset não são conhecidas.

Recordamos ainda que a Qualcomm lançou o primeiro chipset Snapdragon Wear 2100 em 2016. Já o sucessor, Snapdragon Wear 3100 chegou em 2018. Mais recentemente, tivemos o Snapdragon Wear 4100 a chegar em 2020.

Qualcomm e Samsung estão entre as principais fabricantes de chipsets

Note-se ainda que este Snapdragon Wear 4100 é baseado na litografia de 12 nm, pelo que está amplamente ultrapassado. Enquanto isso, a Samsung tem o seu processador Exynos W920, presente nos seus relógios com desempenho muito superior.

Introducing Exynos W920, the industry's first 5nm EUV-lithographed processor, designed to power the next generation of wearables—including the upcoming Samsung Galaxy smartwatch.Learn more: https://t.co/JgXUMqXBxY pic.twitter.com/73In7UszbM

— Samsung Semiconductor US (@SamsungSemiUS) 10 de agosto de 2021

Acreditamos assim que a Qualcomm introduza uma nova geração capaz de superar as ofertas da Samsung. Caso o faça, é igualmente provável que o novo Snapdragon Wear esteja já preparado para a plataforma Wear OS 3 da Google, com mais capacidades, mas também mais exigente.

Por fim, resta-nos agora aguardar pelo próximo anúncio da Qualcomm com potencial para melhorar o desempenho dos nossos relógios e demais wearables.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com