Em novembro passado, a Norte-Americana Qualcomm revelou ao mundo como seria chamado o seu novo processador de topo para os futuros flagships de 2017. Apelidado de Snapdragon 835, este é o sucessor dos todo-poderosos Snapdragon 820 e Snapdragon 821 que vigoram nos atuais topos de gama. Por essa altura, a Qualcomm não nos forneceu grandes detalhes relativos a este novo processador, mas tal é feito hoje.

Vê também: Intel apresentou oficialmente os seus novos processadores Kaby Lake para desktops

   

No contexto da CES 2017 que abre as portas daqui a dois dias. a Qualcomm apresentou oficialmente o seu novo processador Snapdragon 835. O primeiro ponto a destacar neste novo SoC é o regresso dos oito núcleos de processamento que haviam sido diminuídos para metade com o Snapdragon 820. Este será então composto por oito núcleos Kryo 820, que apesar de possuir a mesma designação do seu antecessor, este novo Kryo 820 é um novo semi-personalizado CPU com quatro núcleos a correr a 2.45 GHz e outros quatro a 1.9Ghz.

Em termos de desempenho, este novo Snapdragon 835 será 20% mais potente que o Snapdragon 820 e graças à duplicação dos núcleos de processamento, é esperado um multi-tasking sem quaisquer atrasos.

O facto de este Snapdragon 835 ser construído com base no processo de 10nm da Samsung, o mesmo deverá contar com um aumento na sua eficiência energética na ordem dos 30%. Em termos práticos, isto resultará num aumento estimado de duas horas e meia na autonomia dos smartphones, quando comparado com o Snapdragon 820, e cerca de metade do consumo energético de um Snapdragon 801.


Saltando agora para o desempenho gráfico deste novo processador, este possui agora uma gráfica GPU Adreno 540, que mesmo sendo baseada na sua antecessora Adreno 530 vem com um alargado leque de melhorias, nomeadamente um ganho de 25% na renderização 3D face à mesma.

A nova Adreno 540 suporta ainda DirectX 12, OpenGL, ES3.2, OpenCL 2.0, API´s Vulkan e, por fim, suporte à plataforma Google Daydream VR.

Vê também: Honor 6X: Conhece um dos melhores smartphones por 250€

Como não poderia deixar de ser, também a reprodução de cores desta nova gráfica Adreno 540 foi melhorada, suportando agora cores de 10-bit, tendo um aumento de 64 vezes mais quando comparada com a sua antecessora, ou seja, passa de uma reprodução de 16.8 milhões de cores para 107.4 milhões.

Em termos de processamento de fotografia, este Snapdragon 835 traz consigo a tecnologia Qualcomm Clear Sight para um melhor funcionamento conjunto de lentes comuns e monocromáticas, aumentando assim o seu contraste e ao mesmo tempo reduzindo o ruído das imagens captadas.

O seu ISP suporta agora o módulo Snapdragon Optical Zoom, que duplica as capacidades do zoom ótico nos sensores utilizados. O Spectra mantém-se nos 14-bit, suportando agora módulos dual-camera até 16MP ou apenas um sensor de até 32MP.

Com este Snapdragon 835, a Qualcomm integrou ainda a tecnologia de Estabilização Eletrónica da Imagem (EIS) 3.0, que oferece uma transição da imagem mais suave e uma resolução de vídeo até 4K. Teremos ainda uma tecnologia conhecida como Dual Photodiode Auto-Focus (2DP) que nos fornece uma deteção de cada pixel ao invés dos apenas 5% que têm sido oferecido até agora.

Vê também: Nova patente da Samsung quer melhorar a captura de imagens em movimento

Tal como esperado, este novo Snapdragon 835 vem com uma nova tecnologia de carregamento rápido, o Quick Charge 4.0. Este novo standard será 20% mais rápido e 30% mais eficiente que o Quick Charge 3.0, sendo capaz de nos proporcionar uma autonomia de cinco horas com apenas cinco minutos de carga.

Esta nova tecnologia vem ainda com uma deteção da qualidade do cabo de carregamento utilizado fazendo com que não sejam transportadas altas correntes por cabos USB que simplesmente não as suportam.

Por último há ainda que fazer referência ao novo módulo de conectividade deste processador, que é agora um X16 LTE. Este novo módulo propõe-se a ser cinco vezes mais rápido que um Cat 4, podendo-nos oferecer velocidades de download na ordem dos 1Gbps por segundo.

O Snapdragon 835 possuirá ainda um módulo Wi-Fi 802.11ac integrado para poupar algum espaço na motherboard do smartphone, suportando ainda Wi-Fi 802.11ad para uma melhor performance em canais mais baixos como redes de 60GHz.


Uma vez mais a Qualcomm foi capaz de nos oferecer um novo produto com excelentes melhorias em relação ao seu antecessor. Além de ser mais potente e mais eficiente, este Snapdragon 835 vem melhorar alguns aspetos mais técnicos, como as suas câmaras e velocidades de ligação à internet, mas acima de tudo será mais pequeno, o que permitirá às construtoras pouparem algum espaço na construção dos seus produtos.

Veremos se ainda este mês seremos brindados com algum novo smartphone com este novo processador, mas em último caso em fevereiro deveremos começar a assistir à chegada dos novos flagships com este potentíssimo Snapdragon 835.

Talvez queiras ver:

Lenovo MIIX 720: o novo concorrente do Surface Pro

Dash Charge: Emily Ratajkowski explica-te como funciona sistema da OnePlus

7 Razões para escolher um dos Samsung Galaxy A (2017)

FonteQualcomm PR
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.