android wear

A Qualcomm é uma das grandes empresas no que toca a processadores para os terminais mais conhecidos do mercado. Depois do ano azarento de 2015, onde a sua reputação ficou manchada com um problemático Snapdragon 810, a empresa Americana tenciona que 2016 seja totalmente o inverso.

Para aqueles que não sabem, os wearables neste momento utilizam processadores de smartphones sendo o Qualcomm Snapdragon 400 um dos mais utilizados, um processador relativamente antigo mas que dá uma boa performance em qualquer terminal de gama-média.

   

Android Wear

Este novo processador Qualcomm Snapdragon Wearable 2100 é um chip desenhado inteiramente para wearables e segundo o anunciado o novo processador é 30% mais pequeno e 25% mais eficiente, boas notícias para aqueles, que como eu, reclamam da autonomia dos smartwatches.

É de referir a potencialidade de conectar a redes 4G o que dará também aos próximos modelos de relógios terem a possibilidade de inserir o seu próprio SIM.

Os wearables são cada vez mais procurados e a Qualcomm vem com este novo Chip dar uma dinâmica diferente aos próximos smartwatches, a única coisa que não se sabe é se estas melhorias terão influência no preço.

Talvez queiras ver:

ViaPhonearena
FonteQualcomm
Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.