Project Treble
Google Pixel receberá o Project Treble

Na semana passada, a Google anunciou um novo projeto chamado Project Treble. O principal objectivo do mesmo é acelerar todo o processo de atualizações do Android, certamente reduzindo assim a grande fragmentação que se verifica na sua plataforma.

Este começará a ser implementado a partir da disponibilização da versão final do novo Android O. E hoje ficamos a saber que os Google Pixel e Pixel XL são os primeiros equipamentos a contar com suporte ao novo Project Treble.

Vê também: Instala o Android O no teu Nexus ou Pixel de uma forma simples!

   

De uma forma sucinta, o novo Project Treble consiste numa redução dos passos necessários até à disponibilização da atualização para uma nova versão do Android. Este é, atualmente, um processo moroso e que depende da intervenção das construtoras de processadores, das marcas e, por fim, das operadoras.


Com a implementação deste novo projeto, a Google quer disponibilizar o seu código fonte diretamente para as construtoras de smartphones. Depois de adaptado o novo Android às suas interfaces, o mesmo pode ser envidado para as operadores e chegar finalmente aos utilizadores.

Contudo, a Google fez saber que esta nova abordagem só será compatível com os equipamentos que forem apresentados com o Android O de origem. Logo, todos os equipamentos que se encontram hoje no mercado não poderão usufruir do Project Treble. Bem, quase todos.

Project Treble poderá aumentar o período de atualizações para smartphones Android

Os únicos equipamentos que se encontram já no mercado compatíveis com este projecto serão os Google Pixel e Pixel XL. Esta compatibilidade passará a surtir efeito assim que os mesmos recebam a sua atualização para o Android O.

Esta decisão pode levar-nos a pensar que a Google quererá estender ainda mais o período de atualizações para os seus smartphones. Até agora, era conhecido que estes equipamentos gozariam de dois anos para atualizações de sistema e três para atualizações de segurança. Mas com o Project Treble, pode ser que o período de dois anos se prolongue.

Este novo processo de atualizações para o Android tem bastante potencial mas resta-nos saber se terá o efeito que se espera. A última palavra sobre que equipamentos serão atualizados continua a ser das fabricantes dos mesmos, mas esperemos que este exemplo da Google possa motivar as suas parceiras a seguir o mesmo caminho.

Outros assuntos relevantes:

Novo Google Now Launcher mostrado em vídeo na Google I/O

Xiaomi Mi X: Este é o smartphone experimental da Xiaomi

Há um ano sabíamos como seria o iPhone 7. Como será o iPhone 8?

Viaandroid authority
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.