Quando em 2016, se começou a falar do regresso da série Prison Break, os milhares de fãs conquistados pelas quatro temporadas suplicavam que a especulação se tornasse numa realidade.

Anunciada a saída da 5ª temporada para o pequeno ecrã, espera-se ver mais de Prison Break do que apenas as fugas estratégicas e quizilas na prisão. Na verdade, o último episódio da 4ª temporada leva-nos a acreditar num regresso, como se a morte de Michael Scofield (Wentworth Miller) não fosse uma certeza do fim.

   

Vê ainda: Cinco razões para começares a ler as obras de Jane Austen!

No entanto, o 1º episódio da sequela anuncia que esta temporada, não trará nada de surpreendente face às temporadas anteriores. Logo neste episódio, ficamos a saber (como já se previa) que afinal Michael está vivo e novamente preso, desta vez no Iémen.

A suspeita é confirmada após uma pista que é enviada para T-bag (um dos vilões da série), e este vai ao encontro do irmão de Michael, Lincoln Burrows (Dominic Purcell). Tal como nas anteriores temporadas, Michael age por códigos e mensagens encriptadas e é assim que tenta contactar o irmão e Sara (Sarah Wayne Callies) sua mulher.

Prison Break chegou em força mas conseguirá o mesmo sucesso?

Tanto Lincoln como Sara, resistem à ideia de Michael poder estar vivo, a antiga mulher ainda mais, pois já refez a sua vida. Embora nunca tenha escondido do filho de ambos, Mike (Junior, filho do Mike ator principal) cresceu na ideia de que o seu pai biológico faleceu como herói.

Será que todas as personagens centrais da história anterior vão reunir forças para salvar Michael? O que terá feito Michael para 7 anos depois estar preso e nunca ter procurado a família? São questões como estas, que poderão prender os fãs a esta nova temporada de Prison Break.

Acredita-se que esta última série foi criada para os fãs incondicionais, que gostaram muito das séries anteriores e que continuam fiéis em aventuras e métodos estratégicos, apelando ao emocional. Não havendo cenas inéditas, e onde podemos contar muitas vezes apenas com espaços físicos diferentes.

Acompanhem os episódios e veremos o que ainda nos poderá oferecer esta sequela.

Outros assuntos relevantes:

Velocidade Furiosa 8 – The Fate of the Furious – Irá Dominic Toretto trair a “Família”?

Netflix: 13 reasons e muitas mais para veres esta série!

Star Wars: The Last Jedi: trailler oficial acaba de ser revelado

Sempre gostei da forma como uma história se pode transformar no grande ecrã! Desde que me lembro, sempre fui uma apaixonada por cinema, e procuro também fazer da minha vida um filme apaixonante!