Primeiras fotos tiradas com o Xiaomi Mi5 mostram resultados interessantes

Carlos Oliveira

A última semana de fevereiro é esperada ansiosamente pela nossa equipa e acredito que por ti também. Além de decorrer por esses dias a maior feira mobile do mundo em Barcelona, é ainda altura do mundo ficar a conhecer finalmente o novo Xiaomi Mi5.

Depois de mais de um ano de espera, no próximo dia 24 de fevereiro o Xiaomi Mi5 será então apresentado oficialmente ao mundo, num evento que deverá ocorrer simultaneamente na China e em Barcelona, algo inédito para a marca.

Mas enquanto esse momento não chega, pequenas informações vão sendo disponibilizadas e desta feita é a câmara do equipamento a vítima. Na rede social Weibo foram disponibilizadas um par de fotografias tiradas com a câmara principal do Xiaomi Mi5 bastante promissoras. A fonte das mesmas é do próprio presidente da marca, Lin Bin.

Nas mesmas podemos vislumbrar a paisagem de uma praia paradisíaca, na qual não me importava de estar neste momento. Ambas as fotografias apresentam uma boa saturação de cores e detalhes bem aprimorados. Mais impressionante ainda é a nitidez com que Lin Bin foi capaz de capturar aquele pássaro em pleno voo.

Todas estas qualidades podem ser justificadas pelo sensor de 16MP que se crê incorporar o Xiaomi Mi5, aliados à tecnologia de estabilização de imagem, laser de focagem automática e ainda um flash LED duplo.

Este aparenta ser um bom começo para a câmara presente neste equipamento e que esperamos poder experimentar presencialmente no decorrer da MWC em Barcelona.

Quanto ao restante do equipamento, é esperado que o mesmo incorpore um processador Snapdragon 820, um ecrã de 5.2 QHD ou 5.7 polegadas FHD, 3GB ou 4GB de RAM e ainda 64GB de armazenamento interno.

Talvez queiras ver:

  • Terá o HTC One M10 um ecrã de 5.2 polegadas?
  • Samsung Galaxy S7 Edge terá, finalmente, uma boa bateria!
  • Google quer wireless charging nos seus carros autónomos
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.