Prepara-te! OnePlus 7 Pro vai ser bem mais rápido que os concorrentes

Carlos Oliveira

O OnePlus 7 Pro será um dos equipamentos mais inovadores alguma vez lançado pela empresa chinesa. As mais recentes informações dão-nos conta de que este equipamento será o primeiro a chegar ao mercado com módulo de memória UFS 3.0.

Embora muito pouca gente preste a devida atenção a estes pormenores, a verdade é que ela terá impacto real na nossa utilização diária. Com este tipo de memória, o OnePlus 7 Pro será capaz de ler e escrever dados em simultâneo.

OnePlus 7 Pro

Naturalmente que este tipo de funcionalidade fará com que o smartphone seja mais rápido do que outros que não usem o UFS 3.0. As velocidades oferecidas por este tipo de módulos fará com que as aplicações corram de forma mais suave.

UFS 3.0 oferece uma performance muito superior às gerações anteriores

A grande maioria dos smartphones presentes no mercado possuem módulos de memória UFS 2.1. Embora estes tenham já uma performance muito aceitável, o UFS 3.0 vem elevar ainda mais a fasquia.

Com efeito, os módulos UFS 3.0 oferecem o dobro da largura de banda da versão anterior e consome menos energia. Para além disso, é capaz de correr perfeitamente em altas temperaturas, algo que potenciará a sua performance em tarefas mais exigentes.

Podemos dizer que a olho nú isto são melhorias impercetíveis. Certamente não andarás a controlar ao segundo o tempo que as tuas aplicações demoram a abrir, mas fica consciente de que esses tempos irão baixar consideravelmente no OnePlus 7 Pro.

OnePlus 7 Pro black

Que tipos de memória para smartphones temos no mercado?

Existem tipos de módulos de memória disponíveis para smartphones: eMMC e UFS. A primeira é uma tecnologia presente no mercado há já vários anos. Embora seja já uma tecnologia com tempos de leitura e escrita bastante aceitáveis, o UFS é mais atual e, por conseguinte, mais potente.

A principal diferença entre o eMMC e UFS está no facto de o último ser capaz de ler e escrever ao mesmo tempo. Desse modo, a transição dos dados ocorrerá de uma forma bem mais célere do que o que acontece nos módulos eMMC.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.