Pré-venda do Samsung Galaxy S10 trará um brinde de 149€

Filipe Alves

Se estás a pensar comprar um Samsung Galaxy S10 é melhor que o faças na pré-venda. De acordo com as mais recentes informações, se comprares um Samsung Galaxy S10 na pré-venda terás um brinde de 149€. Ou seja, os novos Samsung Galaxy Buds.

Esta informação chega que nem mil maravilhas. As pré-vendas dos Samsung Galaxy sempre trouxeram algo de oferta deste o Samsung Galaxy S7. No S7 tivemos o OCULUS VR, no S8 uma coluna ou óculos VR e no S9 também tivemos uma prenda de uma pequena coluna.

Pré-venda do Samsung Galaxy S10 trará um brinde de 149€

Ou seja, este ano é plenamente plausível que os Galaxy Buds sejam o brinde da pré-venda. Afinal de contas a Samsung precisa mesmo de conseguir ganhar destaque no mercado de smartphones.

O que são os Galaxy Buds

Os Galaxy Buds são os novos earphones sem fios da empresa sul-coreana que serão revelados com o telemóvel. Ainda que pouco se saiba dos earphones, temos noção que deverão trazer a Bixby como assistente, carregar sem fios e ter uma autonomia idêntica aos Apple AirPods. Ou seja, umas 6 horas de utilização continua.

Contudo, a sua caixa será também um powerbank. Isto é, ao guardares os Galaxy Buds na sua caixa estarás também a carregar os earphones.

Será que esta promoção chega a Portugal?

Ainda é cedo para dizer se Portugal será um dos países felizardos e ter esta promoção na pré-venda. Porém, o insucesso do Galaxy S9 leva-nos a crer que a empresa asiática apostará tudo o que tem. Incluíndo no nosso país, onde a Huawei começa a ganhar mais terreno.

Editores 4gnews recomendam:

Apple vai compensar o jovem que descobriu bug no Facetime

Google está a censurar resultados de pesquisa na Rússia

Xiaomi e OnePlus são os smartphones que mais emitem radiação

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.