A euforia do Pokémon GO marcou o verão deste ano e será sempre uma das aplicações para dispositivos móveis que ficará para sempre na história das que maior hype criaram. Pois bem, passados alguns meses desde o seu lançamento, apenas os mais fieis jogadores se mantêm, e para esses o jogo continua a evoluir. Neste caso, o jogo poderá estender-se a mais uma plataforma, o Apple Watch.

Ver também: Vphone S8 Mini | Review ao smartphone mais pequeno do mundo

   

Rumores indicavam há uns dias que este gadget da Apple não receberia afinal a aplicação da Niantic. No entanto, foi confirmado através da conta do Twitter oficial da aplicação do Pokémon GO que a mesma iria chegar em breve aos Apple Watch. Dependendo do quão “breve” a Niantic considere que possa ser o tempo para a chegada da aplicação, talvez a promessa de fazer chegar a mesma antes do final do ano esteja em risco de não se cumprir.

Há que ter em conta ainda a aplicação e a plataforma em si. O principal objetivo da Niantic será criar alternativas para os jogadores na sua experiência de jogo. Com o Apple Watch poderão os treinadores terão noção do estado no jogo e serão alertados para potenciais encontros com estes monstros de bolso virtuais. Esta adaptação da aplicação ao Apple Watch funcionará da mesma forma que o Pokémon GO Plus, um acessório conectável que permite os jogadores fazer tudo o que foi dito acima para o equipamento da Apple, sendo este no entanto um dispositivo dedicado apenas ao jogo.

Não sabendo quando a aplicação será lançada ao certo, resta-nos esperar agora pelo seu lançamento oficial, pelo que a mesma apenas deverá estar disponível em 2017. Certo sim é que a mesma chegará, havendo agora garantia dada pela próxima empresa que desenvolve o jogo.

Talvez queiras ver:
Ulefone Armor: o que acontecerá se congelar o smartphone e o atirar da varanda?
Passado e Futuro: o ano de 2017 para a Xiaomi
Lenovo deverá lançar um segundo smartphone Project Tango em 2017

 

ViaPhone Arena
Fonte@PokemonGoApp (Twitter)

Editor 4gnews e estudante de Direito, nos tempos livres é mais provável encontrar-me a explorar novos géneros musicais, filmes e séries e a passar um bom tempo com amigos e família.