POCO X3 Pro terá característica premium com preço de gama-média

Bruno Coelho
Comentar

É já no próximo dia 30 de março que será apresentado oficialmente o desejado POCO X3 Pro. As fugas de informação têm revelado os principais detalhes, mas a própria Xiaomi partilhou uma das principais características premium do equipamento.

Através de um vídeo partilhado nas redes sociais, a conta oficial da POCO confirmou que o X3 Pro será equipado com Gorilla Glass 6. Esta é uma durabilidade que o coloca a par, por exemplo, com smartphones como Samsung Galaxy S20 (pelo menos no papel).

POCO X3 Pro deve custar entre 269 € e 319 €

No vídeo de promoção ao smartphone, é mostrado como este tipo de vidro aguenta face aos dos concorrentes. E é preciso recordar que, segundo as fugas de informação, esta será uma característica presente num smartphone que promete custar entre 269 € e 319 €. Isto, claro, dependendo da versão do smartphone.

A julgar pelos rumores, o POCO X3 Pro deve manter o design do modelo base lançado no ano passado. O render não-oficial já foi partilhado por Ishan Agarwal no Twitter, e mostra que em equipa que ganha não se mexe.

Render não-oficial do POCO X3 Pro. Crédito: Ishan Agarwal

O processador deste equipamento ainda não foi confirmado pela própria POCO. Ainda assim, são vários os rumores a apontar que terá o Snapdragon 860. Isto significa que terá desempenho de topo (superior ao Snapdragon 855+), e não terá suporte para 5G.

Um pormenor ainda não confirmado é se o smartphone será equipado com painel AMOLED ou LCD. O segundo é provável, de forma a manter o preço baixo do equipamento. Deve ainda manter os 120Hz de taxa de atualização e os 5160 mAh de bateria.

Editores 4gnews recomendam:

  • Xiaomi Mi 11 Pro: imagens mostram algo inédito na traseira do smartphone
  • Xiaomi Redmi Note 10 chega a Portugal com ofertas de lançamento na Mi Store
  • Xiaomi Mi 11 Lite: design e cores do smartphone confirmados
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.