POCO X3 Pro. Características reveladas antes do lançamento

Bruno Coelho
Comentar

Recentemente têm sido várias as fugas de informação e detalhes sobre os alegados POCO F3 e POCO X3 Pro. Os novos smartphones devem ser lançados globalmente ainda em março, e agora foram reveladas as alegadas características principais do modelo mais modesto.

Recorde-se que recentemente foi noticiado que o POCO F3 seria a versão global do já lançado Redmi K40 na China. Agora o reputado leaker Mukul Sharma afirma saber as principais especificações da versão “Pro” do POCO X3 lançado no ano passado.

Segundo a sua publicação na rede social Twitter, o POCO X3 Pro pode chegar ao mercado com um ecrã Full HD+ com taxa de atualização de 120Hz e uma bateria a rondar os 5200mAh. A fonte afirma ainda que o smartphone será equipado com o processador Snapdragon 860.

[Exclusive] POCO is indeed launching the POCO X3 Pro and the POCO F3 globally very soonLaunch could very well happen in March. POCO F3 = Redmi K40Plus, as per my source, the X3 Pro could likely feature a SD860 processor, 120Hz FHD+, around 5200mAh battery.#POCOX3Pro #POCOF3

— Mukul Sharma (@stufflistings) 4 de março de 2021

Como qualquer fuga de informação, deves olhar para esta com uma pitada de sal. Segundo estes dados, o POCO X3 Pro será uma versão melhorada do gama-média lançado o ano passado, ainda sem suporte para 5G. Já o POCO F3 terá esse suporte.

Sendo uma versão global do Redmi K40, o POCO F3 será equipado com o processador Snapdragon 870 com suporte para 5G. Este modelo terá ainda um ecrã Full HD+ de 6.67 polegadas com taxa de atualização de 120Hz.

À semelhança do modelo chinês, podemos esperar até 12GB de memória RAM e 256GB de armazenamento interno. A bateria será de 4520mAh com carregamento rápido de 33W. Temos três câmaras: principal de 48MP, ultrawide de 8MP e macro de 5MP. Resta saber quão atrativo será o preço, já que o Redmi K40 custa na China qualquer coisa como 280 €.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.