PlayStation 5: Sony está com sérios problemas para baixar o seu preço!

Filipe Alves
Comentar

A PlayStation 5 da Sony está aqui à porta e são muitos os amantes de gaming que estão ansioso pelo momento em que a nova consola vai bater ao nosso mercado. Porém, nem tudo são boas notícias.

Isto porque, segundo a Bloomberg, a Sony está a ter sérios problemas para conseguir fazer do preço da PlayStation 5 competitivo. Isto porque os componentes integrantes da consola são consideravelmente mais caros que a antecessora.

Qual será o custo de produção da PlayStation 5

PlayStation 5: Sony está com sérios problemas para baixar o seu preço!

A Bloomberg comparou o custo de produção da PlayStation 5 com a antecessora. Segundo a informação, a PS4 tinha o valor de 381$ para ser fabricada. A Sony lançou a consola por 399$ (neste caso euros e dólares são idênticos valores). Ou seja, a margem de lucro na PS4 era mínima. O problema está na construção da PS5

De acordo com o artigo publicado, fabricar uma PlayStation 5 custará à Sony pelo menos 450$. Ou seja, só o custo de fabrico será mais alto do que o preço de venda.

PlayStation 5 pode vir a dar prejuízo à Sony

PlayStation 5: Sony está com sérios problemas para baixar o seu preço!

Não seria a primeira vez que os fabricantes teriam um prejuízo controlado na sua consola de forma a espalhar o hardware pelo mercado. Afinal de contas, o serviço PlayStation Plus já lhes dá um lucro aceitável. Ainda assim, não é garantido que o faça.

E mesmo que venha a ter uma baixa de valor para conseguir dominar o mercado, mesmo com o problema do prejuízo, não se espera que o preço da PlayStation 5 possa baixar para o mesmo valor da PS4 no seu lançamento.

Quando será revelada a PS5

Tudo indica que a Sony revelará dentro das próximas semanas a nova PS5, contudo, a consola só deverá chegar ao mercado em finais de 2020. Os prognósticos atiram que esta será a consola para oferecer no Natal.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.