Piloto atravessa o Canal da Mancha numa hoverboard a uma velocidade incrível!

Vitor Urbano
Comentar

Há cerca de duas semanas, o inventor francês Franky Zapata tentou fazer história ao atravessar o Canal da Mancha voando com a hoverboard criada por si. No entanto, essa tentativa foi falhada, ao cair na água enquanto tentava reabastecer a hoverboard.

Este fim de semana, Zapata conseguiu finalmente colocar o seu nome na história, ao realizar a travessia de 35 quilómetros em cerca de 22 minutos.

Piloto afirma ter alcançado os 177km/h durante a viagem

Ainda não foi confirmado oficialmente, mas o inventor de 40 anos afirma que, durante a travessia do Canal da Mancha, conseguiu alcançar velocidades de 177km/h na sua FlyBoard Air.

Franky Zapata revelou anteriormente que a sua hoverboard consegue atingir alturas de até 3 quilómetros e velocidades a rondar os 150km/h. Possivelmente, nem o piloto conseguiu prever exatamente qual seria a velocidade máxima da sua invenção.

Hoverboard Zapata

Flyboard Air está ainda longe de ficar acessível para todos

Depois de 4 anos em desenvolvimento e de conseguir ultrapassar inúmeros obstáculos, tanto de design como de software, a criação de Zapata conseguiu finalmente alcançar um nível de performance impensável para muitos.

No entanto, o próprio inventor afirma que é extremamente complicado criar os algoritmos corretos para conseguir o nível de estabilização necessário. Por isso mesmo, continua a ser muito difícil manobrar a hoverboard.

O ex-campeão mundial de jet ski diz que recomenda, pelo menos 50 horas de experiência na versão aquática, antes de experimentarem a Flyboard Air.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.