iphone-7-plus-4gnews-e-iphone-7

Dia 10. Esperei até ao décimo dia deste mês para iniciar esta pequena reflexão e análise que será dividida num artigo diário ao longo de uma semana, que terá início com este. A reflexão terá como base dados históricos obtidos até aqui e, por sua vez, uma análise (futurista)que será uma mera apreciação subjetiva daquilo que se espera que venha a acontecer, em 2017. Porquê agora e o que tem então a ver esta “novela” com o dia 10? É porque 2017 é o ano onde se comemora uma década de existência do primeiro smartphone – no verdadeiro sentido do termo e que, entretanto, evoluiu de tal forma que nos proporcionou aquilo que vemos hoje no mercado.

   

Pois bem, dito isto, começarei mesmo por aí. Apple! Steve Jobs apresentou-nos o primeiro iPhone em 2007. Nesse tempo, já muitos outros telemóveis tinham câmaras melhores ou designs mais apelativos. Contudo, lembro-me desse Senhor ter dito que o iPhone estava, pelo menos, cinco anos à frente de tudo aquilo que existia no mercado até então. Sem dúvida que era um dispositivo algo básico, mas também não há dúvidas nenhumas que foi o início de uma caminhada fantástica que nos conduziu ao presente.

iphone-7-plus-4gnews-16

Depois de se tornar um sucesso mundial, o iPhone vai evoluindo, introduzem-se outros produtos como o iPad mas, como a conversa é sobre smartphones e não tablets, o mais fantástico é que aquele pequeno iPhone de 3,5 polegadas de ecrã é hoje o porquê da Apple ser a empresa mais valiosa do mundo, sem contestações e que, para além disso, daria lugar a não um, mas dois smartphones. Todavia, de há uns meses para cá, o cenário tem vindo a alterar-se e, mesmo que não seja posta em causa – em momento algum – a Apple como empresa que é, os seus resultados que ainda são (muito) positivos, são menos positivos do que antes. E claro, em parte isso deve-se aos últimos iPhones.

Por muito que se goste, ou não, os últimos modelos do iPhone – o 6, 6S e 7 – parecem algo desinspirados. Isso pode ter várias razões mas, para os mais aficionados, deve-se ao facto de que será em 2017 que se verá a verdadeira Apple. De facto, a empresa de Cupertino deverá comemorar efusivamente o décimo aniversário do produto mais famoso que carrega uma maçã nas costas e será às suas custas que algo completamente diferente sairá para o mercado. Este como o cenário mais otimista.

Pois bem, independentemente do número de iPhones que possam ser lançados no próximo ano, pelo menos um deles deverá ser “o tal”. Aquele por quem se esperou uma vida toda. A razão pela qual não se trocou um 6S por um 7 porque o seguinte seria espetacular. Porém, a única coisa com que se pode contar é com o seu preço elevado, mas se virmos bem isso também não parece ter sido um problema até aqui, não o será no ano que vem. O que é certo é que, imperativamente, é preciso novo fôlego. E é com grande esperança que aguardaremos por saber, efetivamente, o resultado de tudo isto.

Talvez queiras ver:

Novo rumor volta a afirmar a existência do iPhone 7s e um ecrã OLED apenas no iPhone 8

Rumor revela um pouco das especificações do iPhone 7S

Rumor afirma que a Apple trará a cor vermelha no futuro “iPhone 7s”

Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.