Parabéns! Xiaomi faz 9 anos! Uma evolução simplesmente fantástica

Filipe Alves

A Xiaomi é uma das marcas mais relevantes do mercado neste momento, contudo, este crescimento tem menos de 10 anos. Foi no dia 6 de abril de 2010 que 7 empreendedores se juntaram para criar a marca e desde então temos visto um crescimento simplesmente inacreditável.

A empresa começou a sua jornada por software só e apenas. Só em 2011 é que vimos o primeiro Xiaomi Mi 1 (fotografia abaixo). Um smartphone que chamou a atenção pela sua qualidade / preço. Ainda que o dispositivo não tenha sequer comparação com os telemóveis de hoje, a marca surpreendeu na altura como surpreende agora.

A MIUI já era popular e o smartphone só veio ampliar essa popularidade. A marca continuou a crescer e começou a chamar a atenção de outros mercados. Afinal de contas a Xiaomi não se destinou só e apenas a smartphones.

Xiaomi continua a crescer a cada dia que passa

A marca asiática resolveu criar uma panóplia de produtos e sistemas de qualidade para os seus utilizadores na China. Amantes da marca ajudaram e continuam a ajudar os produtos e sistemas destinados para a China a chegar ao mercado mundial com a tradução do sistema operativo para várias línguas.

Segundo a IDC, hoje a Xiaomi é a quarta maior fabricante do mundo a seguir à Samsung, Huawei e Apple. Os smartphones conquistam qualquer um e o seu preço não deixa dúvidas que, na maior parte das vezes, são a melhor opção.

Melhores smartphones Xiaomi com relação qualidade preço neste momento

  • Mi 9 - Compra por 441€ (tempo limitado) aqui
  • Mi A2 Lite com Android One - Compra por 126€ aqui
  • Redmi Note 7 - Compra por 225€ aqui
  • Mi Mix 3 - Compra por 450€ aqui

A Xiaomi revolucionou o mercado com o primeiro Mi Mix. O primeiro smartphone a chegar ao mercado sem 3 margens. Poucos anos passaram desde o primeiro Mix e todos os smartphones do mundo seguiram a ideologia de design. A marca é uma das que mais vende televisões na China e uma das poucas que consegue combater o ecossistema da Apple. Infelizmente este ecossistema não está preparado para saltar fora da China com a mesma qualidade. Pelo menos para já.

A marca asiática bateu recordes em apenas 9 anos. Estou seriamente ansioso que a empresa ganhe mais maturidade e perceba que o mercado europeu e americano são também peças fundamentais para o seu sucesso.

Editores 4gnews recomendam:

  • AirPower foi só mais um exemplo do caminho tomado pela Apple (opinião)
  • Android Q faz da instalação de apps não verificadas um processo mais moroso
  • Youtube liberta desejada funcionalidade para utilizadores não Premium

Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.