Oukitel K6000 Plus

A empresa chinesa Oukitel quer começar bem o ano de 2017. Depois de em 2016 a Oukitel ter oferecido uma vasta escolha em smartphones e phablets, a marca começa o ano com um dispositivo que mais parece um powerbank.

O Oukitel K6000 Plus conta com um design de metal, ecrã de 5.5″ polegadas FullHD, processador MediaTek MT6750 Octa-core e ainda leitor de impressão digital no botão “home”.

Foi referido hoje pela marca que o Oukitel K6000 Plus nos daria uma câmara de 16MP com o sensor da Omnivision e uma câmara frontal teremos uma 8MP com 80º de wide-angle, ambos os sensores sem interpolação, ou seja, não existe alteração das fotografias via software para diminuir ruído.

   

Vê ainda: Nokia poderá apresentar em breve dois smartphones com Snapdragon 660

Embora as câmaras e o giroscópio sejam os motivos da newsletter da Oukitel para este smartphone, não consigo esconder a minha vontade de usar um smartphone com uma bateria de 6080 mAh.

OUKITEL K6000 Plus
O novo OUKITEL K6000 Plus

De referir que esta bateria carrega em 1h.40m, isto é super rápido para o tamanho da mesma.

Ainda não sabemos qual o valor do Oukitel K6000 Plus, porém, posso sempre atirar o “barro à parede” e pela experiência que tenho, certamente estamos a olhar para um dispositivo de 150 euros (160$), mais coisa menos coisa.
Algo que me fascina nos smartphones da Oukitel é a sua construção, face ao preço que pagas por eles. Os smartphones tem um cuidado extra na escolha de materiais ou da forma que os representa, algo que tenho de os louvar.

Espera-se que este Oukitel K6000 Plus venha também com Android Nougat já desde a sua compra, mas se tal não acontecer, não me preocuparia muito, visto que uma das prioridades da Oukitel tem recaído nas atualizações dos smartphones.

Outros assuntos relevantes:

Huawei P10 Lite foi alegadamente apresentado “à porta fechada”

BQ Aquaris X e BQ Aquaris X Pro anunciados oficialmente com valores a começar nos 289€

O Xiaomi Mi6 pode ser adiado e a culpa é da Samsung!

 

FonteOukitel PR

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho.
Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.