Lumia 950Os novos Microsoft Lumia 950 e Lumia 950 XL já foram apresentados pela marca, mas ainda falta cerca de um mês até que comecem a chegar aos mercados. No entanto já podes vislumbrar um pouco do potencial fotográfico destes smartphones topo de gama e perceber como é que a “magia” acontece.Graças às novas informações publicadas no blog da Windows pela mão de Juha Alakarhu, chefe do departamento de imagem e fotografia dos equipamentos Windows Phone, podemos ver alguns resultados das câmaras dos Lumia 950 e Lumia 950 XL. Escusado será dizer que os resultados são impressionantes mas vamos lá ver como é que esta “magia” acontece.

Começamos por fazer um apanhado do hardware que compõe as câmaras destes smartphones. Temos aqui uma câmara traseira PureView com 20MP e um sensor BSI, uma abertura f/1.9, lentes Carl Zeiss, flash LED triplo, estabilização ótica ou OIS de 5ª geração, ISO ajustáveis até 12800, capacidade de gravação de vídeo a 4K UHD. Estas são as câmaras traseiras dos Lumia 950 e Lumia 950 XL. Já na parte frontal ambos os equipamentos contam com uma câmara de 5MP grande angular.

Segundo o artigo original, o intervalo de cores é tão bom e acertado que raramente será preciso utilizar o modo HDR (High Dynamic Range), produzindo imagens com a qualidade de uma câmara profissional ou reflex. Claro que sendo o artigo feito por um executivo da Microsoft não é de estranhar que os adjetivos utilizados sejam tão simpáticos com os Lumia 950 e Lumia 950 XL. Mas a verdade é que os resultados falam por si.Lumia 950Mais adiante no artigo temos várias referências à performance, ou desempenho, destas câmaras em condições de baixa luminosidade, uma descrição do funcionamento do OIS e o funcionamento da grande abertura focal para compor umas fotos perfeitas, mesmo quando a luz escasseia. Mais uma vez os adjetivos utilizados são bastante simpáticos, “imagens naturais”, “belas”, “puras” e sinceramente não me parecem desfasados da realidade.

   

O artigo termina com uma reflexão do senhor Alakarhu, descrevendo o modo de funcionamento da câmara dos Lumia como sendo capaz de ler os nossos pensamentos graças ao modo “Rich Caputre” (captura rica, numa tradução direta). Este modo utiliza duas imagens, uma sub-exposta e outra sobre-exposta – uma com flash e outra sem flash – combinando ambas em seguida para obter uma imagem perfeitamente equilibrada. Algo que já há muito é utilizado nas câmaras fotográficas compactas e nas reflex. Neste modo poderás ainda definir a quantidade de luz ou a luminosidade da foto depois de a tirares, graças à informação capturada por ambas as fotos.

Até o flash destes Lumia 950 e Lumia 950 XL é constituído por três LED para te proporcionar uma iluminação equilibrada e natural em todos os cenários. Nem este pormenor deixa de ser intrigante para todos os entusiastas de fotografia. Sinceramente não tenho dúvidas de que estes smartphones irão arrecadar o título de melhor câmara fotográfica num dispositivo móvel. Deixo-vos com uma pequena amostra do seu potencial nas amostras em baixo.

Talvez queiras ver: