apple-macbook-pro-4gnews-3

A Apple apresentou-nos os seus novos MacBook Pro há uns tempos atrás e com eles veio muita controvérsia, quer seja em relação à falta de entradas USB, quer seja o seu preço extremamente alto. Os computadores são extremamente capazes, elegantes e sedutores e, apesar de toda a adversidade inicial, quem os tem adora as suas novas funcionalidades mas nem tudo é perfeito…

E como se já não bastasse, para meter mais lenha na fogueira, alguns usuários destes MacBook Pro têm relatado alguns problemas relacionados com os centros de processamento gráfico destes belos e elegantes portáteis da Apple.

   

Já houve quem se queixasse de falhas de funcionamento do trackpad com o gesto de três dedos, mas mais recentemente surgiu um problema bem mais preocupante.

Alguns utilizadores dos MacBook Pro têm sentido problemas relacionados com a placa gráfica dos equipamentos, em que o ecrã fica completamente desformatado e com manchas vermelhas completamente aleatórias. Escusado será dizer que isto tem assustado os consumidores.

MacBook Pro com problemas na placa gráfica
MacBook Pro com problemas na placa gráfica

Este tipo de ocorrência tem tendência para ocorrer quando programas mais exigentes são utilizados nos MacBook Pro, como por exemplo o Adobe Premiere Pro, mas também já foi registado um comportamento estranho ao utilizar a aplicação nativa de fotografias do MacOS, mas e então o que causa este tipo de problemas?

Apesar de ainda nada estar devidamente confirmado, as principais suspeitas recaem sobre o processo “ImageConversionService” que está a sobrecarregar as placas gráficas dos equipamentos. Algo bastante estranho, uma vez que as versões mais caras do MacBook Pro possuem gráficas dedicadas com 2 ou 4GB de memória dedicada.

Até agora, o equipamento mais afetado é o MacBook Pro de 15″ polegadas, tanto na variante com GPU integrada como na variante com GPU dedicada, excluindo assim a culpa da Radeon Pro 455 com 2GB de memória dedicada e da Radeon Pro 460 com 4GB de memória dedicada presentes nas versões mais caras para além da gráfica base, a Intel Iris Graphics 550 que podemos encontrar na versão de 13 polegadas dos MacBook Pro.

Contudo, ainda é cedo para alarmismos e isto poderão ter sido apenas acontecimentos esporádicos por muito estranho e preocupante que possa parecer. Resta-nos esperar e a ver vamos o que o futuro reserva para estes novos MacBook Pro.

Talvez queiras ver:

Samsung Galaxy S8 terá 6GB de RAM e 256GB de armazenamento

O Surface Phone poderá ter o processador Qualcomm Snapdragon 835

Pokemon Go: Trocas e novos Monstros chegam em breve para salvar o jogo!