Organização da MWC irá decidir o destino da feira ainda esta semana

Carlos Oliveira
Comentar

A maior feira de tecnologia móvel do mundo está marcada para daqui a duas semanas, porém, o seu destino é cada vez mais incerto. Depois das desistências de várias empresas, a realização da MWC 2020 poderá estar em risco,

Segundo avança a La Vanguardia, a GSMA (organizadora da MWC) irá reunir-se na próxima sexta-feira para avaliar a viabilidade do evento deste ano. Contactada pela publicação Android Authority sobre o tema, a GSMA diz não comentar reuniões internas.

Estará a realização da MWC 2020 em risco?

Esta é a interrogação que tem pairado nos últimos dias, depois de várias empresas terem anunciado a sua desistência da feira de Barcelona. Companhias como a LG, Sony, Amazon ou Nvidia já confirmaram que não irão participar nesta edição.

A razão para estas desistências prende-se com o surto de Coronavirus que se tem propagado nas últimas semanas. Atualmente, são já mais de 1000 as mortes causadas pela doença e o número de infetados já ultrapassa os 43 mil.

Perante as desistências já registadas, certamente que a GSMA já se interrogou se valerá a pena ir para a frente com o evento. Não só pela ausência destas empresas, mas também por questões de saúde pública.

A GSMA já referiu várias vezes que o evento irá mesmo acontecer nas datas planeadas. Para isso, a empresa tomará medidas extra de segurança como a distribuição de vários kits de esterilização para quem passar por lá.

Empresas que já desistiram da MWC

  • NVIDIA
  • Amazon
  • LG
  • Samsung (redução de staff)
  • ZTE
  • Ericsson
  • Sony
  • TCL
  • NTT Docomo

Teremos de aguardar pelas conclusões da reunião que deverá acontecer no final desta semana. Perante tudo aquilo que tem acontecido nos últimos dias, não será de espantar caso a MWC deste ano seja cancelada.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.