OPPO X 2021 mostra como pode estender o ecrã em segurança

Rui Bacelar
Comentar

O OPPO X 2021 é um dos smartphones mais inovadores da década. Vem desafiar o conceito estabelecido pelos smartphones dobráveis da Samsung e da Huawei com os seus Fold e Mate X2, respetivamente. Para a OPPO, o ecrã deve estender ou contrair, não dobrar.

A fabricante chinesa apresentou este produto conceptual recentemente após meses de estudo e preparação. A sua particularidade deve-se à capacidade de extensão e retração de todo o ecrã, bem como a respetiva estrutura metálica de suporte.

Este sistema garante uma estrutura forte e superfície de ecrã sempre lisa, sem vincas, tal como mostra o vídeo.

Assim funciona o mecanismo de extensão e suporte do OPPO X 2021

Vimos o primeiro protótipo funcional do produto durante o Inno Day 2020 da fabricante chinesa, evento dedicado à apresentação das suas novidades. Agora, durante a MWC Shangai 2021 o terminal está pronto a ser usado e já o vimos em todo o seu esplendor.

Sublinhamos que o seu ecrã pode expandir-se de 6,7 polegadas até 7,4 polegadas quando o utilizador assim o deseje. Para tal, a marca implementa um sistema de "passadeira rolante", com dois motores a auxiliar a sua expansão e retração.

O sistema expansível é apelidado de Warp Track, consistindo num laminado de aço com apenas 0,1 mm de espessura. É o suficiente para garantir uma base de apoio para todo o ecrã, impedindo-o de dobrar ou apresentar depressões durante o uso.

O smartphone extensível da OPPO é uma visão de futuro

OPPO X 2021 Warp Track

A preocupação da fabricante prende-se com a durabilidade do ecrã e demais smartphone. Assim, desenvolveram este sistema de lâminas de aço ficam justapostas quando o telefone está "contraído" ou fechado e deslizam paralelamente quando este está aberto.

Uma analogia possível para este sistema Warp Track consiste no entrelaçar dos dedos ao unir as mãos. No OPPO X 2021 temos um eixo de 6,8 mm sobre o qual o ecrã OLED flexível pode deslizar sem que se formem vincas, sulcos ou imperfeições na superfície.

Por outro lado, é um telefone que, quando está fechado, é relativamente espesso com cerca de 1,4 cm de espessura.

A OPPO trabalha também em soluções de carregamento através do ar, um dos próximos grandes desafios da indústria. Até ao momento, tanto a Xiaomi como a Motorola já mostraram as suas abordagens a este conceito.

Por fim, a OPPO prepara-se para revelar ao mundo as suas conquistas até ao final desta semana.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.