OnePlus Z: Por que razão um processador Snapdragon é melhor que MediaTek

Filipe Alves
2 comentários

Os rumores iniciais do OnePlus Z indicavam que o terminal chegaria com um processador da MediaTek. Algo que não foi muito bem recebido pelos fãs da marca que continuam a preferir os chips da Qualcomm. Mas por que razão?

As mais recentes informações, referem que a OnePlus vai mesmo apostar num modelo Snapdragon da linha 700, Snapdragon 765G em vez do novo MediaTek Dimensity 1000.

As diferenças dos chips Snapdragon para os MediaTek

A MediaTek é uma fabricante de chips chinesa que tem uma excelente qualidade nos seus processadores. Aliás, para smartphones de entrada, a Qualcomm e os seus Snapdragon não conseguem acompanhar os preços agressivos da MediaTek. Contudo, potência e preço não é tudo.

Quando falamos de um smartphone por pouco mais de 100€, não vejo muitas razões para preferir um Snapdragon, contudo, os rumores referem que o OnePlus Z pode chegar aos 400€. Ou seja, já é um preço considerável.

A Qualcomm dá-nos mais longevidade de atualizações. Se no mundo Android as atualizações de software estão longe de ser perfeitas e existe uma enorme fragmentação no mercado, um dos grandes responsáveis é a MediaTek.

Antes de um smartphone ser atualizado, a atualização tem de passar pelos processadores. Ou seja, a Google manda uma atualização, a Qualcomm, MediaTek, Exynos ou Kirin atualizam o chip e enviam a atualização para o fabricante.

O problema é que a MediaTek tem um histórico péssimo nas atualizações de software. Para além de demorar uma eternidade, abandona processadores populares e que foram muito vendidos no passado.

Ao longo do tempo os utilizadores começaram a ficar com receio deste fabricante devido a isso mesmo. Não garantir atualizações por 2 anos (no mínimo) é da responsabilidade dos fabricantes quando nos vendem um smartphone com um valor considerável.

Por isso mesmo vimos os fabricantes (mesmo asiáticos) a investir mais em chips Snapdragon da linha 700 para os seus intermediários. São um pouco mais caros para o utilizador, contudo, há pormenores que valem a pena pagar.

Possíveis especificações do OnePlus Z

OnePlus Z

  • Ecrã AMOLED de 6.4 polegadas com punch hole
  • Taxa de atualização de 90Hz
  • Sensor de impressões digitais no ecrã
  • Processador Qualcomm Snapdragon 765G
  • 8GB de RAM
  • 126GB ou 256GB de memória interna
  • Câmara tripla com sensores de 48MP + 16MP + 12MP
  • Bateria de 4000mAh
  • Carregamento rápido Warp de 30W

Ainda não sabemos em concreto qual será a decisão da OnePlus. Contudo, espero sinceramente que escolha um chip da Qualcomm. A MediaTek está a fazer um bom trabalho, contudo, precisa de mostrar que já não comete os erros do passado. Essa mentalidade terá se ser implementada até nos smartphones de entrada. Onde a marca tem vindo a dominar ao longo dos anos.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.