OnePlus TV: especificações reveladas antes do lançamento

Bruno Coelho
Comentar

A primeira televisão inteligente da OnePlus tem lançamento agendado para a setembro. Antes do lançamento, a mais recente informação oficial dá conta de que esta vai chegar ao mercado com um painel QLED de 55 polegadas.

Confirmado está também que a televisão vai ter uma interface melhorada do Android TV. Novos dados (ainda não oficiais), dão conta de que esta vai chegar com um processador Mediatek MT 5670 e a gráfica Mali-G51.

Esta leak revela as especificações da OnePlus TV (aqui com o nome de código “Dosa”), onde além do processador, se destacam os 3GB de RAM e o Android Pie de fábrica. Algo que pode surpreender é a resolução listada de apenas 1080p, que acreditamos ser para o menu, já que o 4K é já um requisito mínimo para quem compra um aparelho deste género.

OnePlus TV vai focar-se no mercado premium

A garantia foi deixada pelo CEO da OnePlus – Pete Lau – em entrevista. A OnePlus TV não vai situar-se numa faixa de preço amigável como as opções da Xiaomi. O objetivo é “apenas focar no mercado de topo de gama”.

Olhando para as várias especificações, vai ser interessante ver pela primeira vez um aparelho da OnePlus com processador Mediatek. Por outro lado, a escolha do QLED faz crer que o painel será providenciado pela Samsung. Este vai ajudar a que a Smart TV possa situar-se numa faixa de preço abaixo das ofertas OLED da LG ou Sony.

Neste momento é certo que a OnePlus TV chega no próximo mês ao mercado indiano. O plano é expandir a disponibilidade para outros mercados, mas ainda não são conhecidas datas. Aconteça o que acontecer, a OnePlus terá de acertar na interface e no preço, para vingar num mercado bastante competitivo.

Editores 4gnews recomendam:

  • Tal como se esperava! OnePlus TV terá uma versão melhorada do Android TV
  • QLED vs OLED: entende as diferenças antes de escolheres uma TV
  • OnePlus TV chega oficialmente em setembro. Mas não é para todos
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.