OnePlus: primeiro smarwatch Nord já está a caminho e pode chegar com um preço acessível

Mónica Marques
Comentar

O primeiro smarwatch Nord da OnePlus já terá entrado na fase de produção em massa, em algumas regiões da Europa e Ásia.

De acordo com a informação divulgada, o wearable poderá ter um custo acessível, mas é pouco provável que chegue com WearOS.

OnePlus Nord Watch: espera-se um preço acessível

[Exclusive] Serial production of the OnePlus Nord Watch has now begun in several European and Eurasian regions. Launch is imminent.Expect the watch to be more of a budget-oriented product, WearOS is highly unlikely.Feel free to retweet 😉#OnePlus #OnePlusNordWatch

— Mukul Sharma (@stufflistings) 1 de julho de 2022

As últimas informações divulgadas sobre o novo wearable da OnePlus davam conta de que estava em fase de testes internos. Mas o leaker Mukul Sharma acaba anunciar, na rede social Twitter, que o primeiro smartwatch Nord está já em fase de produção em massa, em algumas regiões da Europa e Ásia.

O conhecido leaker avança também que o wearable pode chegar ao mercado com um preço acessível, mas que será "altamente improvável" que esteja equipado com WearOS.

O novo smartwatch foi também detetado no site de certificação BIS, o que não só reforça as informações do leaker, como também sugere que o seu lançamento estará iminente.

Infelizmente, não foram avançadas mais possíveis especificações daquele que será o primeiro wearable com a chancela Nord da OnePlus.

OnePlus Watch com autonomia para de até 14 dias

OnePlus Watch
Uma das variantes disponíveis em Portugal é a mostrada na imagem OnePlus Watch de edição limitada Crédito@OnePlus

Recorde-se que no ano passado, a marca lançou o OnePlus Watch que está equipado com um ecrã AMOLED de 1,39 polegadas e tem uma resolução de 454x454 pixéis. Com um peso pluma de 76 gramas, o OnePlus Watch Classic inclui GPS e Bluetooth 5.0.

Já a bateria de 402 mAh fornece autonomia para de até 14 dias, mediante uma utilização moderada. Mas também tem vida útil para 25 horas de exercício contínuo com o GPS ativado e monitorização do nível de oxigénio no sangue durante cinco dias consecutivos.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.