OnePlus Nord: revelado um dos compromissos da nova versão do intermediário

Carlos Oliveira
1 comentário

A OnePlus regressou em força ao mercado dos gama média com a apresentação do Nord. Na altura, a empresa deixou claro que este seria apenas o primeiro de uma nova linha de smartphones, sendo expectável o lançamento de mais dois ainda em 2020.

Estes serão ainda mais acessíveis que o OnePlus Nord, logo terão de ser feitos alguns sacrifícios. Uma das formas encontradas pela empresa para baixar o preço será a redução na velocidade de carregamento do equipamento.

OnePlus Nord mais económico terá um carregamento de apenas 18W

Graças à certificação de um dos novos OnePlus Nord, ficou a saber-se que terá um carregamento rápido de apenas 18W. Uma diferença considerável, mas compreensível, face aos 30W do modelo já apresentado.

OnePlus Nord

Em condições normais, a introdução desta velocidade de carregamento num smartphone de gama média não seria de espantar. Até porque a maioria dos gama média presentes no mercado contam com essa velocidade de carregamento.

Mas depois de a OnePlus ter introduzido os 30W de carregamento rápido no OnePlus Nord, este é efetivamente um recuo da parte da tecnológica chinesa. Ainda assim, creio que ninguém ficará ofendido caso o novo modelo venha com um preço bastante amigável.

O que esperar dos novos OnePlus Nord

Para já conhecidos apenas como Billie 1 e Billie 2, tudo indica que a OnePlus está a trabalhar em dois novos intermediários. Estes terão um preço ainda mais baixo que o OnePlus Nord lançado em julho.

Para isso, a chinesa irá certamente cortar no processador, desta feita socorrendo-se do Snapdragon 690. As câmaras também serão alvo de modificações, com um deles a contar com duas lentes e o outro três.

Relativamente ao seu design, espera-se que não sejam muito diferentes do modelo original. Resta saber é se manterão o vidro como material de construção predominante.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.