oneplus-pete-lau-2-720x479Em Dezembro ficamos a saber, pela voz do co-fundador da OnePlus, Carl Pei, que o OnePlus Two seria anunciado em 2015 mas a história não acaba aqui.

Agora, numa entrevista concedida à PC World, Carl Pei disse que além do sucessor do OnePlus One, a marca estava a trabalhar noutro dispositivo, algo totalmente diferente, destinado a um público-alvo diferente. Possivelmente para quem dá mais valor ao design ou à ergonomia do que às especificações.

Terá Pei, referido o OnePlus Two mini? De momento nada mais nos é dito sobre os planos da OnePlus para o futuro nem a que segmento pertencerá este novo dispositivo mas é impossível não ficar curioso.

   

Relacionado: ROM CM 12 Lollipop para o OnePlus One

OnePlus One foi o dispositivo revelação de 2014, fazendo da OnePlus uma das empresas com maior sucesso logo após ter sido fundada no início do ano passado, tendo totalizado a vende de quase 1 milhão de unidades.O sistema de convites não foi assim tão má ideia, certificaram-se de que não ficariam com demasiado stock.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escusado será dizer que o futuro parece bastante promissor para a OnePlus e 2015 promete muitas novidades desta nova marca mas será que eles vão conseguir estar à altura das expectativas? Achas que vai conseguir superar todos os desafios que tem pela frente? Vê aqui as nossas previsões.

Pessoalmente gosto do slogan da marca e do seu espírito ambicioso. O seu produto, o OnePlus One é possivelmente o equipamento com melhor relação qualidade/preço mas não é nem de perto nem de longe um dispositivo perfeito.

No pouco tempo que tive com ele detectei algumas falhas na sua construção, mais concretamente, na facilidade com que o painel traseiro risca e fica irremediavelmente marcado. No entanto, quando ao desempenho e à performance apenas tenho que o louvar e por aquele preço tão simpático acho que sou capaz de fechar os olhos a um ou outro defeito.

Talvez queiras ver:

Queremos saber a tua opinião sobre este assunto por isso fica livre de comentar abaixo. Clica aqui para saberes como ajudar a 4GNews!

Nós e os nossos meios de comunicação!