OnePlus 8 Pro virá com um ecrã ainda mais fluído que o do OnePlus 7T Pro

Carlos Oliveira
Comentar

De acordo com o que avança o leaker Max J., a OnePlus prepara-se para lançar um equipamento com um ecrã com taxa de atualização de 120Hz. O mais provável é que esse seja o OnePlus 8 Pro, que embora ainda longe da sua revelação já começa a ser tema de notícia.

A imagem publicada por Max J. menciona os 120Hz e a sua descrição diz "be a pro" (sê um pro). No entanto, ao analisar os comentários vemos o autor a mencionar que tal está relacionado com a OnePlus.

Be a "pro". pic.twitter.com/h4UwnOXn8H

— Max J. (@Samsung_News_) 7 de novembro de 2019

Ademais, ele confirma que esta informação não está relacionada com nenhum equipamento da Samsung, Isto porque Max J. é conhecido pelas suas informações relativas aos equipamentos da sul-coreana, mas este não é o caso.

OnePlus 8 Pro junta-se a um grupo de elite

A ser isto verdade, o OnePlus 8 Pro juntar-se-á a um restrito grupo de equipamentos que possuem um ecrã de 120Hz. Modelos como o Asus ROG Phone II, Razer Phone 2 ou Sharp Aquos R3 possuem já uma tela com tamanha taxa de atualização.

Ainda assim, o próximo topo de gama da chinesa não será o único na corrida pela implementação de tal tecnologia. Rumores afirmam que também o Galaxy S11 possa chegar com esta taxa de atualização.

Certo é que o mercado está cada vez mais propenso a apostar neste género de tecnologia para dar uma melhor experiência aos utilizadores. Com isso em mente, não me espantaria nada que o OnePlus 8 Pro chegasse com uma taxa de atualização de 120Hz.

O que significa um ecrã com taxa de atualização de 120Hz

A taxa de atualização de um ecrã mede-se pele número de vezes que este consegue atualizar a imagem a cada segundo. A maioria dos smartphones presentes no mercado possuem uma taxa de atualização de 60Hz., o que significa que conseguem atualizar a imagem 60 vezes por segundo.

Ao passar para os 120Hz, é garantido que o ecrã irá atualizar 120 vezes por segundo. Isto resultará numa experiência de visualização ímpar, e que, até agora, só tem sido utilizada no segmento gaming.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.