OnePlus 7 Pro - Smartphone parece desenquadrado da empresa (opinião)

Pedro Henrique
Comentar

O OnePlus 7 Pro foi apresentado na presente semana a par do OnePlus 7 e as opiniões sobre o novo flagship da empresa chinesa têm sido bastante distintas.

O equipamento parece ser quase perfeito. Não só pela velocidade, mas principalmente pelo fantástico ecrã ao qual parece impossível resistir. Já as câmaras do smartphone, para alguns são ok, para outros quase ao nível da dos topos-de-gama das restantes empresas.

OnePlus 7 Pro

Contudo, até que ponto é que o OnePlus 7 Pro não dita o fim da ideologia da empresa como a conhecemos. O problema da conduta trazida e, no fundo, da estratégia aplicada pela fabricante de equipamentos Android é que o smartphone poderá tornar-se indistinto.

O primeiro OnePlus tinha as melhores especificações ao melhor preço

O preço do telemóvel rondava os 300€. Abdicava de alguns detalhes para que tal fosse possível, é verdade. Mas com o passar dos anos, os pormenores que faltavam aos equipamentos da marca foram aparecendo e com eles trouxeram um aumento no seu preço.

Ora, naquela que é a sua sétima geração, no mercado português, o mesmo continua a custar menos de 300€ que um iPhone XS quando comparados os seus modelos base.

Porém, aquando do lançamento do 6 ou do 6T, essa diferença era superior e o mesmo acontecia anteriormente. Será que a OnePlus não cairá no erro de criar um equipamento que não é carne nem peixe?

Claro que só o tempo dirá, mas se a empresa já poderia estar a praticar tal erro ao lançar dois equipamentos por ano, então agora – com a subida generalizada de preço a cada lançamento – poderá perder cada vez mais aquela que era uma das suas maiores valências.

Ninguém impede a Samsung ou a Huawei de lançarem um Note 10 ou Mate 30, respetivamente, com um ecrã como o do 7 Pro. Assim, o grande ponto de diferenciação continuarão a ser os pequenos sacrifícios a abdicar, mas que valem pelo seu preço. Se este se aproximar demasiadamente dos restantes, perderá todo o sentido.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Pedro Henrique
Pedro Henrique
Fã incondicional de tecnologia e cultura quer partilhar o conhecimento adquirido com todos.