OnePlus 6T supera o seu antecessor com 98 pontos na DxOMark

Rui Bacelar
OnePlus 6T McLaren Edition smartphone Android oficial
O mais recente smartphone Android supera até mesmo o seu antecessor na DxOMark

Apresentado em meados de novembro, o OnePlus 6T é um dos smartphones Android mais poderosos da atualidade. Aliando ótimas especificações técnicas a um preço de venda ao público bastante competitivo, o 6T mostra-se igualmente capaz no departamento fotográfica. Aliás, nesse sentido temos a recente avaliação da DxOMark a este terminal!

Em primeiro lugar, o OnePlus 6T chegou para substituir o OnePlus 6, lançado em maio de 2018 e, para todos os efeitos, um smartphone perfeitamente atual. Todavia, a marca decidiu manter o seu ciclo de lançamentos de 6 em 6 meses com poucas mudanças entre cada geração.

Vê ainda: Facebook poderá criar uma criptomoeda para usar no WhatsApp

Ainda assim, no novo smartphone Android a fabricante chinesa reforçou vários quesitos como a bateria, ecrã bem como a câmara fotográfica. Por conseguinte, é com alguma naturalidade que vemos agora a publicação da análise da empresa DxOMark.

O OnePlus 6T já foi avaliado pela DxOMark!

Em segundo lugar a DxO é uma empresa independente que analisa vários equipamentos, especializando-se na análise a lentes, sensores e câmaras fotográficas. Entretanto temos também toda uma secção dedicada ao mobile sob a forma do DxOMark, uma avaliação feita às câmaras fotográficas dos dispositivos móveis. Entretanto, com o passar dos anos, a DxOMark tornou-se numa referência nesta indústria, sendo a sua opinião e trabalho altamente respeitados. Por conseguinte, temos agora os resultados da DxOMark alusivos ao novo smartphone Android, o OnePlus 6T.

DxOMark OnePlus 6T smartphone Android
Poderá esta câmara fotográfica surpreender os peritos da DxOMark?

Em terceiro lugar, o OnePlus 6T traz exatamente o mesmo hardware, o mesmo equipamento físico que o OnePlus 6. Nesse sentido temos aqui uma câmara traseira dupla, composta por um sensor de 16MP bem como um segundo sensor de 20MP.

Este segundo sensor de 20MP é utilizado para vários propósitos. Entre eles, em primeiro lugar é este sensor que torna possível a função de zoom. Em segundo lugar, é também este sensor de 20MP que torna possível o efeito bokeh, o desfoque artístico do plano de fundo. Aliás, poderíamos referir uma mão cheia de funções diferentes para este sensor.

Este é o mais recente smartphone Android da OnePlus

Olhando agora para o primeiro sensor (16MP) temos aqui uma abertura focal de f/1.7 bem como estabilização ótica da imagem (OIS). Já a segunda câmara (20MP) utiliza uma lente não estabilizada com uma abertura focal de f/1.7. Em suma, exatamente as mesmas configurações do "antigo" OnePlus 6.

DxOMark OnePlus 6T Android Pie smartphone
O "NightScape" é um dos trunfos do novo smartphone Android.

Com uma distância focal equivalente a 25mm, ambas as câmaras estão no território das "grandes angulares" mas há muito mais a ser dito. Já a nível de software temos aqui um sistema de focagem automática conhecido por phase-detection ou até mesmo um flash composto por dois LED's com temperaturas de cor distintas.

Já a nível de vídeo, o OnePlus 6T (e também o OP6), é capaz de gravar em 4K Ultra-HD até 60fps (frames por segundo). Temos também a função Super Slow Motion a 1080p (Full-HD) bem como a possibilidade de gravar em 720p (HD) a 480fps.

O OnePlus 6T está equipado com o mesmo hardware que o OnePlus 6

Relativamente ao procedimento de testes da DxOMark poderão consultar o seu protocolo de testes aqui. Ao mesmo tempo poderão consultar o sistema de pontuações atribuídas aos equipamentos, aqui.

Olhando agora para os resultados atribuídos ao OnePlus 6T pela DxOMark temos aqui ótimas notícias. Em primeiro lugar, o seu score (pontuação) geral foi de 98 pontos. Em suma, mais 2 pontos do que o seu antecessor lançado em maio de 2018.

OnePlus 6T DxOMark Android smartphone
Os resultados da DxOMark atribuídos a este smartphone Android.

Por conseguinte, este smartphone Android encontra-se agora empatado com o Google Pixel 2, ambos neste momento em 10º lugar. Em segundo lugar, podemos dividir a sua pontuação em 101 pontos no departamento fotográfico. Bem como 91 pontos para a gravação de vídeo.

Encontra-se neste momento em 10ª posição no ranking da DxOMark

Em terceiro lugar, como pontos positivos a DxOMark atribui um ótimo mecanismo de focagem automática. Aqui bem como um ótimo intervalo dinâmico de cores. Mais ainda, temos uma nota positiva para os bons detalhes capturados bem como um agradável efeito bokeh.

Em suma, a DxOMark salienta que o novo smartphone Android conseguiu melhorar o intervalo dinâmico de cores. Isto claro, face ao seu antecessor. De igual forma, a DxOMark citou também uma melhoria na captura de mais detalhes em cada fotografia.

Todavia, a DxOMark não gostou da presença de mais ruído digital (grão) em algumas fotografias. Ao mesmo tempo, repreendeu também esta fabricante Android pela presença de algumas aberrações cromáticas. Para além de halos devido a um exagero no efeito HDR.

Aliás, neste smartphone Android a câmara secundária de 20MP (responsável pelo zoom ótico) não está ao nível dos demais concorrentes. Já por outro lado, na captura de vídeo os resultados agradaram à DxOMark em praticamente todos os aspectos avaliados.

Editores 4gnews recomendam:

Facebook. Novo ‘bug’ afeta privacidade de quase 6 milhões de utilizadores

Qualcomm trará Mozilla Firefox para o Windows 10 ARM da Microsoft

Firefox lança novo serviço com a segurança dos utilizadores em mente

Fonte | via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.