OnePlus 5T - A verdade sobre o smartphone que as lojas estão a anunciar

Filipe Alves
OnePlus 5T - A verdade sobre o smartphone que as lojas estão a anunciar
Alegado OnePlus 5T | Crédito: GeekBuying

O OnePlus 5 teve uma aceitação interessante no mercado de smartphones. Se tudo correr como no ano passado, é provável que vejamos em breve um OnePlus 5T, mas será que necessitamos mesmo deste smartphone?! A melhor pergunta até seria, "deveremos acreditar nos rumores de tal modelo?"

Vamos por partes e perceber porque é que este OnePlus 5T pode não passar de um mito em vez da realidade.

Vê ainda: O smartwatch com 3G de 70€ – Um alternativa ao Apple Watch Series 3

No ano passado o OnePlus 3 apresentou vendas fortes, contudo, o OnePlus 3T chegou para reforçar um segmento nerd. Em junho de 2016 o processador topo de gama era o Qualcomm Snapdragon 820, já em novembro, altura em que o 3T foi lançado, o chip mais potente era o Snapdragon 821.

Lembro ainda que autonomia do OnePlus 3 também não era das melhores. Assim sendo, vimos uma atualização de hardware de forma a descontinuar o "elo mais fraco" OnePlus 3 (que mesmo agora, continua a ser um terminal a ter em conta pela sua grande qualidade).

O OnePlus 5T não é propriamente "necessário" tal como o OnePlus 3T foi o ano passado. O processador topo de gama continua a ser o Qualcomm Snapdragon 835 e o dispositivo não nos deu "problemas" que valessem a pena a sua atualização meia-dúzia de meses depois.

É provável que a OnePlus nos lance um OnePlus 5T, porém, não me parece que seja com a mesma ideologia do 3T para o 3.

A loja online Geekbuying decidiu mostrar que o terminal com o nome de "OnePlus 5T" está para chegar, mas será isto uma informação interna ou apenas construção de SEO?

Para aqueles que não sabem, construir SEO é das tarefas mais importantes de uma loja online. Por isso é que vemos vezes sem conta terminais que não passam de rumores já nas tais lojas. Assim, quando eles realmente sairem, o Google (ou a ferramenta de pesquisa) vais buscar a informação deles primeiro.

Teremos mesmo um OnePlus 5T ou será apenas um "boost de SEO"?

Claro que o SEO não é tão simples quanto isso, mas acreditem que na maior parte dos casos é isto mesmo que acontece.

A loja online refere que o terminal contará com ecrã de 6" polegadas FHD 1920 x 1080p (401ppi), processador Qualcomm Snapdragon 836, 8GB de RAM e uma imagem que mais parece a junção de um iPhone X com um S8. Mas é aqui que as coisas não batem certo.

As imagens mostram um ecrã 18:9 (Infinity display, como a Samsung lhe chama) e se o ecrã conta com 6" polegadas e uma resolução de 1920 x 1080p, como o website refere, seria impossível ter 401 ppi, visto que estes "Pixels Por Polegada" são calculados em smartphones com dimensões de 16:9.

Aliás, para ser preciso com a minha matemática, um terminal com 401 ppi e resolução FullHD teria de ter 5.5" polegadas. Concluindo, as medidas foram postas simplesmente para encher texto e estão longe da verdade.

Para além disso vemos um processador Qualcomm Snapdragon 836, algo que já foi referido várias vezes que é muito provável que tenha sido adiado/cancelado.

Vamos então ver se nos entendemos, teremos ou não um OnePlus 5T?

Ainda é incerto se a marca lançará ou não um OnePlus 5T. A empresa está a vender bem o OnePlus 5 e não me parece gratificante para os amantes da marca apresentar um terminal com um design totalmente diferente uns meses depois.

De referir que na apresentação do OP5, o CEO da marca referiu que ainda não tinham capacidade para fazer os ecrãs sexy's sem margens. Será que 4 meses depois já o conseguem?

Até que os rumores sejam mais fidedignos que uma loja online à procura de melhorar o SEO, mantenham as vossas cabeças longe de rumores sem fundamento.

Outros assuntos relevantes:

Apple iPhone 8 – Algumas unidades chegam com ecrã descolado

Android Oreo está prestes a chegar ao Samsung Galaxy S8+

Huawei Mate 10 não será um simples smartphone Android

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.