Olympus desiste das máquinas fotográficas! Smartphones tiveram a sua culpa

Filipe Alves
3 comentários

A mítica marca Olympus desistiu das câmaras fotográficas e está prestes a vender o seu negócio com mais de 80 anos. A empresa já foi uma marca referência no setor, porém, a rápida evolução dos smartphones acabou por atacar um mercado que se pensava intocável.

A Olympus foi uma das empresas responsáveis pela evolução das câmaras que temos nos dias de hoje. Ainda que ultimamente não tenha o mesmo nome que uma Canon, Nikon ou até Sony, a Olympus sempre nos deu câmaras de qualidade com um preço aceitável.

Smartphones foram os culpados pelo desaire da Olympus

Câmara fotográfica Olympus

Em comunicado a Olympus referiu que "implementou medidas para lidar com o mercado extremamente severo de câmaras digitais, devido, entre outros, ao rápido encolhimento do mercado causado pela evolução dos smartphones".

Porém, não consigo aceitar esta desculpa dos smartphones como o verdadeiro desaire da empresa. Até porque outras fabricantes passaram pelo mesmo e souberam-se adaptar.

Quem compra uma câmara fotográfica sabe a razão da sua compra. É normal que aquele "utilizador ocasional" deixe de o fazer porque o smartphone chega e sobra para o que quer.

Contudo, foi nesse momento que marcas como a Sony, Nikon ou Canon conseguiram adaptar o seu negócio para outro tipo de cliente. Agora temos câmaras Mirrorless com mais qualidade e menos pesadas. E as câmaras DSLR tem cada vez mais qualidade e possibilidades. Algo que os smartphones não conseguem oferecer.

É verdade que as simples "câmaras digitais" perderam o terreno para os smartphones. Todavia, as empresas que se aperceberam disto a tempo e horas continuam sem grandes problemas em vender as suas câmaras fotográficas.

Não acredito que os smartphones alguma vez consumirão o mercado de câmaras fotográficas, contudo, é preciso, para que tal não aconteça, que a evolução das fabricantes de máquinas fotográficas se saibam adaptar ao mercado. Algo que a Olympus, infelizmente, não conseguiu.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.