Sony-Xperia-logo

Em Outubro deste ano esperamos que a Sony apresente o seu novo flagship, o Xperia Z5, juntamente com a versão mais pequena do mesmo, denominada Xperia Z5 Compact. Tem havido uma quantidade considerável de leaks relativas a estes dois Z5 mas as informações contidas nas mesmas não tem sido aquelas que queremos ver, pois o Z5, para além de supostamente vir equipado com um leitor de impressões digitais, de acordo com as leaks, não parece diferir muito em termos de especificações do chamado Xperia Z3+.

Relativamente às especificações dos Xperia Z5 e Z5 Compact sabemos que podem estar equipados com um SoC Snapdragon 810, terão de certeza um leitor de impressões digitais no botão power e em termos de ecrãs, o Xperia Z5 terá supostamente um ecrã Full HD de 5.5″, um downgrade companrado com o ecrã Quad HD do Xperia Z3+, enquanto que o Xperia Z5 Compact terá supostamente um ecrã HD. Concluindo, tendo em conta todas as informações divulgadas, este Xperia Z5 assemelha-se bastante ao “antigo” Z3 em termos de especificações, diferindo provavelmente apenas na câmara pois a Sony acabou de lançar um excelente novo sensor que pode muito bem equipar este flagship que, pelos vistos, não está à altura de concorrência.

   

Sony-Xperia-fingerprint-scanner-640x640

Agora tudo indica que outra versão do Z5 possa surgir em Outubro, neste caso uma versão phablet do Xperia, denominada “muito criativamente” Z5+. Mas o interessante acerca do Z5+ é que, este dispositivo pode ser um dos primeiros dispositivos móveis a estar equipado com um ecrã 4K, tornando-se assim finalmente um smartphone interessante, ou talvez não… De acordo com o UAProf, (que é um perfil característico do dispositivo usado por programadores para desenvolverem aplicações para o dispositivo), do smartphone denominado Sony E68XX (supostamente o Z5+) revela um ecrã com uma resolução de 2160 x 3840, ou seja, 4K num ecrã que, para ser considerado um phablet, será de 5.5″ ou mais o que resultará numa densidade de pixéis próxima dos incríveis 801ppi.

Sony Z5+ UAProf

Mas colocar um ecrã com esta resolução num dispositivo móvel seria realmente um feito heroico, algo que, podemos admitir, a Sony está realmente a precisar. Mas nesta altura, a este nível tecnológico, um ecrã 4K num dispositivo móvel irá criar muitos problemas aos quais ainda não estamos aptos a ultrapassar, como por exemplo, o poder de processamento. Supostamente este dispositivo estará equipado com Snapdragon 810 que, por si só, tem dado aos problemas à Sony devido ao “famoso” sobreaquecimento, todavia, teoricamente, o 810 é capaz de lidar com um ecrã 4K e vamos supor que o processador não causaria problemas assim, seria a bateria a sofrer mais com esta ecrã 4K, pois acender tantos pixéis gasta imensa bateria, fazendo com que a duração da bateria do Z5+ fosse muito pouco prática, durando apenas algumas horas.

Outro problema seria exatamente o custo de desenvolver e colocar um ecrã 4K relativamente pequeno num smartphone, claro que se iria refletir no preço do dispositivo que, por consequência, seria muito mais elevado do que o que estamos acostumados no que toca a flagships, ultrapassando provavelmente a marca dos 1000€. Tendo em conta todos estes aspetos, que estão “contra” um ecrã 4K num dispositivo móvel, tal rumor deve ser considerado pouco credível e podemos então encarar este artigo como um pequeno ensaio aos limites da tecnologia atual, mas é claro que no futuro teremos dispositivos com ecrã 4K, com muita certeza.

Talvez queiras ver:

Membro do 4GNews há já 1 ano e estudante no 12º ano. Se bem me lembro , comecei a interessar-me por smartphones e outras coisas desde o momento que consegui perceber do que realmente se tratavam! Tive imensa sorte e encontrei este site, mandei um email e aqui estou a escrever para a 4GNews - um site originalmente PORTUGUÊS.