Sony Xperia Z5

(UPDATE) O vídeo postado infra veio a provar-se que em nada estava relacionado com o problema de sobre-aquecimento neste equipamento. O restante artigo fica sem efeito.

Seria de esperar que uma marca tão conceituada quanto a Sony aprendesse com os erros do passado, ainda por cima se o passado é bastante recente, refiro-me ao Sony Xperia Z3+ ou Sony Xperia Z4, um smartphone que foi assolado por inúmeros relatos de sobre-aquecimento devido ao seu processador, o Snapdragon 810 da Qualcomm. O Sony Xperia Z5 Compact parece ser a mais recente vítima deste malfadado processador.

   

Quando a nova geração de smartphones da Sony foi anunciada no início de Setembro, fiquei algo receoso de que o Snapdragon 810 voltasse a fazer das suas. Este poderoso processador tem uma grande desvantagem, gera imenso calor e acaba por causar problemas na maioria dos smartphones em que está presente. Falo por experiência própria pois senti o OnePlus 2 a aquecer bastante e apesar de não fechar nenhuma aplicação por excesso de temperatura, a sua bateria vai-se num ápice, e 3300 mAh não é propriamente uma bateria pequena!Xperia-Z5-Compact-SO-02H_1-640x505

O Sony Xperia Z5 Compact também vem equipado com este SoC a 64-bits da Qualcomm, tal como o Sony Xperia Z5 Sony Xperia Z5 Premium, no entanto este último possui um engenhoso sistema de tubos de refrigeração duplos e aplicou pasta térmica directamente no SoC para manter os “calores” deste Snapdragon sob controlo e pela lógica deve ter aplicado o mesmo sistema ao Sony Xperia Z5 Compact e Sony Xperia Z5 mas pelos vistos não foi o suficiente.

Digo isto porque começaram hoje a surgir relatos vindos da China que referem o aquecimento excessivo do Sony Xperia Z5 Compact e à medida que a temperatura vai aumentando o ecrã táctil começa a sofrer vários problemas desde simples lentidão até ao mais irritante não reconhecimento ou registo do toque. Ainda por cima, de acordo com alguns utilizadores, um simples reset não resolve o problema.

Pois bem, o que poderá a marca fazer para salvar o Sony Xperia Z5 Compact e restantes elementos desta gama? Lançar uma actualização de software que limite o desempenho do processador? Que lhe coloque um travão e limite a sua potência? Então para quê é que utilizaram um processador tão poderoso em primeiro lugar se já sabiam que este Snapdragon 810 é incapaz de se manter fresco?

Podiam ter sido mais humildes e mais inteligentes ao utilizar o Snapdragon 808, a variante hexa-core que mesmo assim já debita potência mais do que suficiente para 95% dos utilizadores. Podiam ter seguido o exemplo do LG G4 e do LG V10, entre outros.

Deixo-vos com um vídeo do  Sony Xperia Z5 Compact onde podemos ver claramente os atrasos e problemas no display causados pelo calor excessivo do Snapdragon 810.

Acham que este será um problema isolado nos primeiros lotes de equipamentos ou será que o  Sony Xperia Z5 Compact terá que enfrentar esta problemática durante toda a sua vida útil com o respectivo impacto negativo nas suas vendas?

Talvez queiras ver:

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).