O que se passa? Gmail, Drive e outros serviços da Google estão com problemas!

Carlos Oliveira
Comentar

Se estás com dificuldades em aceder a alguns serviços da Google, então ficarás contente por saber que não és o único. Desde o final da tarde de hoje que vários serviços da Google estão a enfrentar alguns problemas.

De entre os afetados podemos falar no Youtube, Gmail, Drive, Analytics ou até a pesquisa Google. Estes problemas estão a afetar tanto as suas versões web como as respetivas aplicações.

Problemas espalham-se por vários países

Foi ao final do dia de hoje que os relatos no site DownDetector começaram a surgir. Em coisa de minutos os relatos atingiram os milhares. As queixas abrangem um vasto leque de serviços Google, o que demonstra que o problema estará efetivamente do lado dos servidores da empresa norte-americana.

Mapa problemas
Os locais afetados pelos problemas nos serviços Google

Estes relatos dispersam-se por vários países, desde a Europa, EUA, América do Sul e Ásia . Assim podemos ver que se trata de um problema que está a ter impacto a nível mundial e que irá variar consoante a localização dos utilizadores.

As causas do problema ainda estão por descobrir

A Google refere que tudo deve-se a um problema na sua rede. Desse modo explica-se o porquê de ser um problema que esteja a afetar, em simultâneo, várias países.

Os responsáveis da empresa estão já a fazer os possíveis para resolver todos os problemas. A sua resolução será a sua prioridade número um, portanto, acreditamos que tudo voltará ao normal o mais rapidamente possível.

O que podes fazer entretanto?

Sinceramente não há muito para fazer neste momento. Visto que o problema aparenta estar do lado dos servidores da Google, só nos resta mesmo esperar que tudo seja resolvido.

Se és daqueles que está a ser afetado pelos problemas nos serviços Google, o melhor mesmo é esperar que a empresa resolva rapidamente as suas causas.

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.