O deslumbrante HTC One A9 já é oficial já com o Android Marshmallow!

Rui Bacelar

Numa notória tentativa de inverter um ano HTC One M9, até porque o primeiro é um equipamento de gama média-alta e o segundo é um autêntico topo de gama, evitando assim uma concorrência direta entre ambos os seus produtos.

Design e Qualidade de Construção

Este Apple iPhone 6S, entre outros.

Apesar da construção unibody, o HTC One A9 aceita cartões de memória microSD até 2TB.

A nível de cores poderás optar pelo Preto ou Cinza Carvão, Cinza, Dourado ou o “Deep Garnet”. É preciso ter em mente que algumas cores serão específicas para alguns mercados por isso duvido que o Rosa Dourado chegue ao mercado europeu, bem como o “Cast Iron”.

Ecrã

O HTC One A9 tem o seu ecrã protegido pelo vidro Gorilla Glass 4, vidro este que se funde perfeitamente com as suas arestas arredondadas para garantir uma boa ergonomia e conforto de uso, além de lhe conferir um efeito 2.5D.

Android Marshmallow já instalado

Este é o primeiro equipamento HTC com a nova versão do sistema operativo da Google para dispositivos móveis. Tal como constava nos teasers e convites do evento, ficamos a conhecer o primeiro smartphone HTC com o Android 6.0 Marshmallow.

Temos aqui a interface (UI) da HTC, a Sense, que desta vez é baseada no Android 6.0 e isto significa que temos aqui umas quantas novidades! Desde logo o controlo específico para as permissões de cada aplicação, o suporte nativo para leitores de impressões digitais, o Google Now acessível com um simples toque, o novo modo de gestão de energia (Doze) que basicamente hibernará as aplicações sempre que possível e aumentará a autonomia desta bateria de 2150mAh, uma bateria bastante magra diga-se de passagem.

Além disso, quem comprar este HTC One A9 já vir com o bootloader desbloqueado portanto não sacrificarás a tua garantia caso queiras aventurar-te no mundo da personalização e configuração.

O Processador e a Memória

O HTC One A9 é um equipamento que surpreende pela aparência mas não tanto pelas especificações técnicas. Temos aqui um processador Snapdragon 617, um SoC octa-core da Qualcomm com arquitectura de 64-bits e cujos núcleos atingem velocidades até 1.5GHz e a gráfica Adreno 405 GPU. Estará disponível em duas variantes, uma com 16GB de memória interna e 2GB de memória RAM e outra com 32GB de memória interna e 3GB de memória RAM. Ambas as variantes suportarão cartões microSD para expansão do armazenamento interno.

As Câmaras

O HTC One A9 marca o fim da tecnologia UltraPixel como câmara principal. Temos aqui um sensor de 13MP na sua traseira com estabilização ótica da imagem e a nível de software a aplicação da câmara tem vários controlos e ajustes mais profissionais tais como o ISO, a velocidade do obturador, equilíbrio dos brancos, captura em formato RAW, entre outras.

No seu painel frontal podemos encontrar uma câmara UltraPixel, aqui sim, para gerir todas as tuas selfies e vídeochamadas. Este sensor desenvolvido pela própria marca tem uma resolução de 4MP e deverá ser capaz de cuidar dos teus auto-retratos.

Conectividades, Preço e Data de Chegada

Graças ao seu processador Snapdragon 617 o Qualcomm Quick Charge 3.0 para um carregamento ainda mais rápido.

399$ pela versão com 3GB RAM/32GB ROM para o mercado norte-americano

Relativamente ao seu preço, este HTC One A9 salvar o ano e conter o perigoso ciclo de prejuízos para a HTC?

Talvez queiras ver:

  • Meizu ataca OnePlus com a nova campanha de troca #TurnTheHeatOff
  • Esta é a fotografia do futuro OnePlus X em conjunto com especificações
  • Samsung regista patente de Force Touch certamente já para o Galaxy S7
Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.