HTC-One-A9-HeaderNuma notória tentativa de inverter um ano catastrófico para a HTC, devido ao seu “preguiçosoHTC One M9, a marca enfrentou vários reveses, quebras acentuadas nas receitas e deixou de estar tão presente na mente dos consumidores. Posto isto era óbvio que a HTC tinha que reagir sob pena de se tornar irrelevante neste mercado volátil dos dispositivos móveis. A solução? Um novo design, novas especificações e uma nova filosofia, mais humilde mas igualmente cativante. Assim descrevo o novo HTC One A9.

Com esta nova abordagem e com este novo smartphone, o HTC One A9 não cai na tentação de ser “apenas” mais potente do que o HTC One M9, até porque o primeiro é um equipamento de gama média-alta e o segundo é um autêntico topo de gama, evitando assim uma concorrência direta entre ambos os seus produtos.

Design e Qualidade de Construção

Este HTC One A9 é um elegante smartphone completamente construído em metal com as seguintes dimensões: 145,75 x 70,8 x 7,26 mm. Elegante, mas não demasiado fino, mas bastante leve tendo em conta o seu material de construção, com 143 gramas.

   

No seu painel frontal temos um ecrã de 5 polegadas graciosamente acompanhado de um leitor de impressões digitais no fundo do ecrã, algo que já vimos no OnePlus 2 e no HTC One M9+ Supreme Camera. No entanto temos aqui margens superior e inferior de dimensões consideráveis e até os botões virtuais de navegação, o que resulta num ratio de ecrã/corpo de 67% (o ecrã preenche 67% do painel frontal).

HTC-One-A9-11

Voltando as nossas atenções para os aspetos positivos do HTC One A9, temos aqui um corpo construído em metal, bastante suave e sem arestas aguçadas. Isto sem esquecer o ecrã que é protegido pelo Gorilla Glass 4, a mais recente e robusta geração deste vidro protetor que possui uma ligeira curvatura, o efeito 2.5D. Algo igualmente peculiar neste HTC One A9 é a presença de apenas um altifalante que está alojado na sua parte inferior, tal e qual o Apple iPhone 6S, entre outros.

Apesar da construção unibody, o HTC One A9 aceita cartões de memória microSD até 2TB.

A nível de cores poderás optar pelo Preto ou Cinza Carvão, Cinza, Dourado ou o “Deep Garnet”. É preciso ter em mente que algumas cores serão específicas para alguns mercados por isso duvido que o Rosa Dourado chegue ao mercado europeu, bem como o “Cast Iron”.
htc-one-a9

Ecrã

HTC One A9 tem um ecrã de 5 polegadas AMOLED com uma resolução Full HD (1080x1920p), o que resulta numa densidade de 440 ppi. Isto deve garantir um bom nível de detalhe, cores bem vívidas e tela bastante brilhante. Claro que sendo um ecrã AMOLED as cores podem sofrer de uma questionável reprodução acertada mas isso só com alguns testes é que saberemos.

Tal como tinha referido acima, este HTC One A9 tem o seu ecrã protegido pelo vidro Gorilla Glass 4, vidro este que se funde perfeitamente com as suas arestas arredondadas para garantir uma boa ergonomia e conforto de uso, além de lhe conferir um efeito 2.5D.

HTC-One-A9-13

Android Marshmallow já instalado

Este é o primeiro equipamento HTC com a nova versão do sistema operativo da Google para dispositivos móveis. Tal como constava nos teasers e convites do evento, ficamos a conhecer o primeiro smartphone HTC com o Android 6.0 Marshmallow.

Temos aqui a interface (UI) da HTC, a Sense, que desta vez é baseada no Android 6.0 e isto significa que temos aqui umas quantas novidades! Desde logo o controlo específico para as permissões de cada aplicação, o suporte nativo para leitores de impressões digitais, o Google Now acessível com um simples toque, o novo modo de gestão de energia (Doze) que basicamente hibernará as aplicações sempre que possível e aumentará a autonomia desta bateria de 2150mAh, uma bateria bastante magra diga-se de passagem.

Além disso, quem comprar este HTC One A9 desbloqueado ou a partir do site da marca, usufruirá de updates muito mais expeditas. Segundo a marca, 15 dias após a Google ter lançado uma atualização para os seus Nexus, a mesma estará disponível para o HTC One A9. Por último, algo que pode interessar a muitos entusiastas da personalização do Android é o facto deste HTC One A9 já vir com o bootloader desbloqueado portanto não sacrificarás a tua garantia caso queiras aventurar-te no mundo da personalização e configuração.

HTC One A9

O Processador e a Memória

O HTC One A9 é um equipamento que surpreende pela aparência mas não tanto pelas especificações técnicas. Temos aqui um processador Snapdragon 617, um SoC octa-core da Qualcomm com arquitectura de 64-bits e cujos núcleos atingem velocidades até 1.5GHz e a gráfica Adreno 405 GPU. Estará disponível em duas variantes, uma com 16GB de memória interna e 2GB de memória RAM e outra com 32GB de memória interna e 3GB de memória RAM. Ambas as variantes suportarão cartões microSD para expansão do armazenamento interno.

As Câmaras

HTC One A9 marca o fim da tecnologia UltraPixel como câmara principal. Temos aqui um sensor de 13MP na sua traseira com estabilização ótica da imagem e a nível de software a aplicação da câmara tem vários controlos e ajustes mais profissionais tais como o ISO, a velocidade do obturador, equilíbrio dos brancos, captura em formato RAW, entre outras.

No seu painel frontal podemos encontrar uma câmara UltraPixel, aqui sim, para gerir todas as tuas selfies e vídeochamadas. Este sensor desenvolvido pela própria marca tem uma resolução de 4MP e deverá ser capaz de cuidar dos teus auto-retratos.

Camera

Conectividades, Preço e Data de Chegada

Graças ao seu processador Snapdragon 617 o HTC One A9 será capaz de atingir velocidade de download até 300Mbps e upload de até 100Mbps. Não temos aqui o USB do Tipo C mas podemos encontrar a tecnologia Qualcomm Quick Charge 3.0 para um carregamento ainda mais rápido.

399$ pela versão com 3GB RAM/32GB ROM para o mercado norte-americano

Relativamente ao seu preço, este HTC One A9 será vendido nos Estados Unidos por 399$ pela versão com 3GB de RAM e 32GB de memória interna já a partir da primeira semana de novembro. Teremos também uma variante com 2GB de RAM e 16GB de memória interna cujo preço ainda não foi revelado mas será certamente mais barata.

Conseguirá este HTC One A9 salvar o ano e conter o perigoso ciclo de prejuízos para a HTC?

Talvez queiras ver: