Apple Watch 8Apple Watch estreia-se hoje em 9 grandes mercados mundiais e Portugal não é um deles (sem grandes surpresas) mas o burburinho acerca deste smartwatch tem sido enorme, desde o dia da sua apresentação, já há longos meses, até à data de chegada ao mercado. A expectativa em torno deste Apple Watch tem aumentado exponencialmente mas, sinceramente, até que ponto será útil?

Um dos factores que me levou a tornar-me um techblogger foi o impacto das novas tecnologias na nossa vida diária, o impressionante impacto que os smartphones tiverem e têm na nossa vida, o facto de tornarem tantas tarefas muito mais simples e melhorarem certos aspectos da nossa rotina e da nossa vida social. No entanto, sempre olhei de canto para os smartwatches, até que ponto são uma benesse para a nossa vida?

   

Sinceramente, qual a utilidade prática destes acessórios que além de indicar as horas e data fazem mais um número limitado de truques mas que precisam de ser ligados à tomada no fim do dia?

Ademais, qual a conveniência disso? Mais uma preocupação para os nossos já “stressantes” dias de trabalho, “Será que pus o relógio a carregar?”, “Será que vou ter bateria para o dia inteiro?” Pessoalmente não preciso de mais factores de stress na minha vida.

Pois bem, mas não deixa de ser um acessório bonito, mais uma opção para enfeitar o nosso pulso, até aí concordo plenamente, mais uma bugiganga electrónica e todas elas bastante caras independentemente da plataforma ou marca, os smartwatches  são caros demais para um produto que dentro de menos de um ano estará ultrapassado e dentro de dois ou três estará obsoleto!

Não me importo de pagar bastante se em troca puder adquirir um objecto que, quiçá, venho a deixar aos meus filhos. Não falo em Rolex mas em Tissot’s, Omega’s e por aí fora. Relógios que são mais do que meros enfeites para o pulso, mais do que meros produtos (ainda que igualmente ou ainda mais caros) que eventualmente ficarão obsoletos. Volto a repetir, tenham em mente que daqui a dois ou três anos, o valor que pagaram por um smartwatch não vai estar lá, não é um investimento com futuro.

Portanto, pergunto-vos, precisam mesmo de um smartwatch? Seja ele um Apple Watch ou qualquer um dos Android Wear? Falo por experiência própria pois tenho um Sony Smartwatch 2 que uso apenas para variar de enfeite no pulso e raramente pelas suas funcionalidades práticas.

Estarei a ser demasiado duro? Provavelmente mas então qual a necessidade de fazer vários vídeos a explicar a suposta utilidade prática dos Apple Watch? Mais uma vez repito, isto é transversal a TODOS os smartwatches.

Ao comprares um a tua vida não vai ficar mais poética nem com banda sonora de fundo, ficarás mais leve na carteira e com uma bugiganga bonita no pulso. Mais um acessório para brincares e para te distrair da pessoa que está à tua frente.

Apple Watch- Rise

Apple Watch- Up

Apple Watch-Us

Convencido da utilidade prática do Apple Watch ou nem por isso?

Talvez queiras ver:

 

Diz o que tens em mente nos comentários abaixo. E que tal ajudares um projeto Português? Sabe mais

Queres ser nosso amigo? Segue-nos nos meios de comunicação.

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).